16 de fev de 2015

Dilma ameaça cortar internet se continuarem a escrever “Impitimam”



A Presidente Dilma Rousseff ameaçou que poderá cortar a internet caso as pessoas continuem a falar e escrever “Impitimam”.
O que ninguém esperava era que a presidente fosse tomar tal atitude, e ameaçar o corte e o bloqueio da internet em todo o território nacional.
Entidades como os Direitos Humanos e a ONU entendem essa medida como educativa e espantosamente apoiaram tal decisão de Dilma.
“É um absurdo! E ao mesmo tempo vergonhoso ver as pessoas escrevendo no Facebook e por toda a rede a palavra “IMPITIMAM” isso é lamentável, é vergonhoso, então vamos cortar a internet até o povo aprender a escrever e soletrar a palavra IMPEACHMENT de forma correta.
Para isso vamos desligando simultaneamente a internet no Brasil todo e as pessoas serão convocadas a fazer um exame tipo ENEM com questões de conhecimento geral, interpretação de texto e cultura, atingindo a média a pessoa terá direito a usar a internet novamente”
“É muito dificil ver as pessoas pedindo o seu IMPITIMAM, se nem saber escrever direito eles sabem!” Avisa Dilma Rousseff.
Fonte: Times New Roman

Dono de Funerária Morre Afogado em Dores



O proprietário da Funerária da cidade de Nossa Senhora das Dores morre afogado numa represa na cidade depois de ter seu barco afundado. Osvaldo Oliveira Dantas era uma pessoa bastante conhecida e popular na cidade. Segundo informações ele estava acompanhado do filho que conseguiu salvar, porém o mesmo não teve a mesma sorte. O fato aconteceu na tarde de ontem e até o momento o corpo dele não foi encontrado. Osvaldo era casado com Angélica e deixa esposa e filho.

Daremos mais detalhes assim que obtivermos

15 de fev de 2015

Viatura da PM bate em árvore durante perseguição em Tobias Barreto e 4 policiais ficam feridos



Acidente ocorreu em estrada vicinal em região conhecida como Ribuleira. Veículo ficou parcialmente destruído. PMs foram encaminhados ao hospital.
   
Viatura ficou parcial mente destruída com o impacto
Uma viatura da Polícia Militar de Sergipe colidiu com uma árvore durante uma perseguição em uma estrada vicinal no município de Tobias Barreto, distante 127 km de Aracaju, na manhã deste domingo (15).
De acordo com a polícia, os dois soldados seguiam suspeitos em uma motocicleta na região conhecida como Ribuleira quando o acidente ocorreu. A caminhonete ficou parcialmente destruída e os policiais foram socorridos por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).
Eles foram encaminhados ao Hospital Regional de Tobias Barreto e transferidos para o Hospital de Lagarto, a 75 km da capital, onde foram internados. O estado de saúde dos policiais é estável e eles passam bem.

31 de jan de 2015

Renovado contrato entre Estado e FHS



O contrato entre o Governo do Estado e a Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) será renovado por um ano, com prorrogação para mais um. O acordo foi firmado na manhã de ontem, 30, em uma audiência na Justiça Federal presidida pelo juiz Edmilson Pimenta com participação do secretário de Estado de Saúde, José Sobral, do procurador da República, Ramiro Rockenbach, autor da ação, o diretor da Fundação Hospitalar de Saúde, Hans Lobo, representantes da Procuradoria Geral do Estado, da Advocacia Geral da União e de sindicatos relacionados à área de saúde.
O procurador do Estado de Sergipe, Samuel Oliveira Alves defendeu a renovação do contrato pontuando que a extinção da Fundação traria prejuízos aos servidores da rede estadual de saúde e aos serviços prestados à população. “A FHS possui um modelo de gestão viável e o Estado entende que renovar é melhor opção para não comprometer a assistência à população. Os problemas existem, devem ser identificados e corrigidos. O papel do MPF é fiscalizar, mas não direcionar qual seria o modelo adequado de gestão a ser utilizado pelo Estado, na condução da saúde. Vamos encontrar alternativas para solucionar e até punir quem tem responsabilidade pelas distorções. O problema da saúde pública é nacional. Não é exclusivo de Sergipe. Entendemos que o contrato de gestão é através da Fundação. A extinção trairia prejuízos aos funcionários, problemas de cunho social e, certamente, comprometeria os serviços prestados aos usuários do SUS”.

19 de jan de 2015

'Sensação maravilhosa', diz jovem que passou em 9 vestibulares



Alisson Belini foi aprovado em medicina em 6 particulares e 3 públicas. 
Pai diz que garoto sempre foi inteligente e se destacava na escola. 

Para passar nos vestibulares,
 Alisson estudava mais de 14 horas por dia. 
(Foto: Arquivo Pessoal/Alisson Belini)
Foram 9 aprovações em vestibulares de medicina em pouco mais de três meses. A cada lista divulgada, um grito de alívio e de alegria. Conquistas que para Alisson Belini, de Iporã, no noroeste do Paraná, de 18 anos, são resultados surpreendentes e reflexos de um ano puxado, dedicado apenas para os estudos. “É uma sensação maravilhosa passar em tantas universidades. Quando vi o meu nome nas listas da UEM [Universidade Estadual de Maringá] e da UFPR [Universidade Federal do Paraná] não acreditei. Demorou um bom tempo para cair a ficha”, diz o estudante.

Alisson já decidiu: vai fazer medicina na UEM para ficar perto da família e da namorada.

Trabalhadores da Fundação Hospitalar de Saúde buscam alternativa



Reunião na Secretaria de Estado da Saúde, às 17h desta segunda-feira, dia 19/01, e às 16h30 da terça-feira, dia 20/01, assembléia geral no auditório do HUSE.

Sob a ameaça de perder seus empregos, trabalhadores da Fundação Hospitalar de Saúde vão se reunir com o novo secretário Zezinho Sobral na Secretaria de Estado da Saúde, às 17h da próxima segunda-feira, dia 19/01, e às 16h30 da terça-feira, dia 20/01, realizam assembléia no auditório do HUSE. Desde que o Ministério Púbico Federal, através de petição, pediu o fim da Fundação Hospitalar de Saúde, os trabalhadores estão mobilizados para encontrar uma solução que não prejudique seus empregos

Presidente da CUT/SE, o professor Rubens Marques enfatiza que os trabalhadores concursados não podem ser prejudicados com a perda de seus empregos. “Desde o alicerce, já protestávamos que as Fundações eram um problema anunciado. Chegamos a impetrar uma ação judicial para impedir sua criação, mas não conseguimos barrá-la. A Fundação foi criada. E agora que o Ministério Público anuncia que as Fundações são ilegais e os contratos não serão renovados, a CUT não aceita que o trabalhador concursado que trabalha diariamente atendendo à população seja demitido. Os trabalhadores precisam ser incorporados à Administração Pública, com a mudança da Razão Social das Fundações. A saúde vai parar se tivermos milhares de demissões. Então é necessário encontrar outra solução”.
Por: Iracema Corso

18 de jan de 2015

Carro descontrolado atinge parede de oficina e fica suspenso, em Goiânia



Testemunhas dizem que motorista perdeu o controle em rotatória e colidiu. Ele não ficou ferido; estabelecimento sofreu danos em área de escritório.
Veículo atingiu parede de oficina mecânica, no Jardim Bela Vista 
(Foto: Elisângela Nascimento/G1)
Um motorista colidiu contra a parede de uma oficina mecânica, no Jardim Bela Vista, em Goiânia, na madrugada de hoje domingo (18). Segundo o dono do estabelecimento, Edson Luiz, o condutor seguia pela Avenida Planalto quando, ao chegar a uma rotatória, perdeu o controle da direção e atingiu o imóvel, ficando com as rodas dianteiras suspensas.
O motorista não ficou ferido e deixou o local logo depois do acidente. Edson disse que o carro, um Nissan Grand Livina, causou estragos na área onde funciona o escritório do estabelecimento, que estava fechado.
Veículo ficou com as rodas dianteiras suspensas após acidente 
(Foto: Matheus Ribeiro/TV Anhanguera)
Até as 13h50 deste domingo, o carro permanecia no local. Moradores e pessoas que passavam pela região ficaram curiosos com a forma que o veículo ficou pendurado e o trânsito apresentou lentidão. Fonte: Do G1 GO