28 de nov de 2017

Assinada Ordem de Serviço para reforma do Mercado da antiga feira de Lagarto

A obra consiste na instalação de uma cobertura metálica, medindo 39,0 x 95,0m. Prefeito Valmir diz que esta é apenas uma das várias soluções para a mobilidade urbana e acomodação de feirantes que a prefeitura está buscando.
Na manhã de ontem segunda-feira 27 de Novembro, a prefeitura Municipal de Lagarto deu mais um passo para a melhoria do comércio e sobretudo da mobilidade urbana na nossa feira livre. O prefeito Valmir Monteiro assinou a ordem de serviço para o início das obras de reforma do Antigo Mercado Rosendo Ribeiro de Souza, nos fundos da Suly-Tex.
A obra consiste na instalação de uma cobertura metálica, medindo 39x95m.
De acordo com o prefeito a obra está orçada em R$ 1,150.000.00 (Um milhão e cento e cinquenta mil reais) fruto de recursos próprios, cujos serviços preliminares já devem iniciar nesta terça-feira, 27 com retirada total do atual piso de paralelepípedo para drenagem de águas pluviais do terreno.
“Estamos buscando soluções tanto para desobstruir o trânsito que é caótico nos principais dias de feira em nosso município, trazendo para este espaço as bancas de confecções, tecidos e eletrônicos que ocupam atualmente a praça Rosendo Ribeiro de Souza. Mas nosso objetivo maior é buscar espaços para acomodar os feirantes que não poderão permanecer em vias públicas após a inauguração do Mercado. Não queremos prejudicar ninguém e estamos fazendo o possível para acomodar a todos. Lembrando que este é apenas um dos quatro espaços públicos que devem ser revitalizados aqui na antiga feira”, afirmou o prefeito Valmir.
Vale ressaltar que não haverá demolição de nenhum dos antigos boxes que atualmente funcionam como depósitos de mercadorias. A Defesa Civil Municipal irá fazer a inspeção de cada uma das estruturas que são privadas e cada proprietário fará a reforma e adequação mínima necessária.

Assinaram juntamente com o prefeito, o secretário de obras Noel Souza; secretário de Agricultura Flamarion Deda; secretário de Ordem Pública Adelson Ribeiro, secretário de Finanças Anderson Souza; presidente da Câmara de Vereadores Ibrain Monteiro; vereador Fábio Frank; diretor da Defesa Civil Pedrinho da Telergipe; engenheiro Márcio Carvalho e representando os feirantes, o empresário Edmilson de Abílio.

21 de nov de 2017

LAVA-JATO chega a Itabaiana, no agreste de Sergipe; Adriano Correia conduzido coercitivamente

Uma pessoa foi presa na manhã desta terça-feira (21) na 47ª fase da Operação Lava Jato. Ao todo, foram expedidos 14 mandados judiciais em cidades da Bahia, Sergipe, Santa Catarina e São Paulo. A atual fase foi batizada de Sothis. O mandado de prisão cumprido é temporário, e o nome não tinha sido divulgado até a última atualização da reportagem.


A ação também cumpre oito mandados de busca e apreensão e cinco são de condução coercitiva, que é quando a pessoa é levada para prestar depoimento.
A ação, segundo o Ministério Público Federal (MPF), mira um ex-gerente da Transpetro, subsidiária da Petrobras, seus familiares e intermediários, suspeitos de operacionalizarem o recebimento de R$ 7 milhões de propinas pagas por empresa de engenharia, entre setembro de 2009 e março de 2014.

20 de nov de 2017

Saiba quem tem direito e quando é depositado o 13º salário

O Benefício vale para os Trabalhadores com Carteira Assinada. O 13º pode ajudar a colocar as contas em dia e nos gastos de fim de ano.

O 13° salário é um pagamento a mais que os trabalhadores recebem no ano. O dinheiro é muito aguardado pelos brasileiros, que esperam a graninha extra para sair do vermelho e para ajudar nos gastos com as festas de fim de ano e presentes de Natal.

Quem tem direito

Todos os trabalhadores que têm carteira assinada. Isso vale para trabalhadores rurais, temporários, domésticos, aposentados e pensionistas.
Trabalhadores autônomos e aqueles que não têm carteira assinada não tem direito ao benefício.

Quando é pago

O pagamento geralmente é feito em duas parcelas. Por lei, a primeira deve ser depositada até 30 de novembro. O prazo máximo para a empresa depositar a segunda é no dia 20 de dezembro.

Qual o valor

Quem trabalhou o ano todo ganha um salário cheio. Aqueles que foram contratados ao longo do ano vão receber um valor proporcional ao tempo de empresa.
A cada mês trabalhado no ano, o funcionário ganha o direito a receber 1/12 avos referente ao 13° salário.
O funcionário precisa trabalhar ao menos 15 dias para receber por aquele mês. Por exemplo, quem foi contratado no dia 10, terá o seu primeiro mês de trabalho contando no cálculo do 13º. Já quem começou no dia 18 não terá o primeiro mês incluído no cálculo do 13º.
Fonte: G1 Sergipe

16 de nov de 2017

Reitor da UFS agradece ao Deputado Federal Fábio Reis

A convite do reitor da Universidade Federal de Sergipe, professor Ângelo Antoniolli, o deputado federal Fábio Reis (PMDB) participou, na manhã desta quinta-feira (16), de um café da manhã no Campus de Lagarto. Na ocasião, o parlamentar visitou diversas instalações da instituição, inclusive as que foram equipadas com recursos que ele destinou, como o Centro Odontológico. A dedicação de Fábio Reis na educação sergipana foi enaltecida pelo reitor durante o encontro.
 “Convidei Fábio Reis para visitar e agradecer, pois ele tem sido um grande parceiro da UFS e tem apoiado fundamentalmente o campus de Lagarto. A clínica odontológica, entre outros locais, receberam investimentos das emendas de Fábio, que tem sido responsável por muitas coisas positivas que vem acontecendo no campus”, afirmou o reitor.
De acordo com o professor Ângelo, Fábio é responsável por “muitas coisas boas que vem acontecendo no campus de Lagarto, e sua dedicação merece nosso destaque, nossa credibilidade e nosso muito obrigado”, completou Antoniolli.
O café da manhã, que também contou com a presença dos diretores Adriana Carvalho e Frederico Pinheiro, coordenadores de curso, o presidente da Ebserh, Valter Santana e servidores da empresa, foi seguido de visitas ao Centro de Simulações e Práticas, à clínica odontológica e ao Hospital Nossa Senhora da Conceição. Todos foram beneficiados com emendas destinadas pelo parlamentar.

Da Assessoria de Imprensa
Deputado Federal Fábio Reis


Criminalização do Aborto: PEC 181 coloca em risco previsão legal e fere direito de gestantes

Jurista alerta para conflito entre Código Penal e Constituição e defende a dignidade humana

Com o objetivo inicial de garantir mais direitos às mulheres, com a ampliação da licença maternidade em caso de bebês prematuros, a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 181, aprovada na Comissão Especial da Câmara acabou por gerar inúmeros protestos pelo país ao abrir caminho para tornar o aborto ilegal em qualquer circunstância, mesmo nas hipóteses previstas em lei. Hoje, o aborto é permitido em três situações: Quando há risco à vida da mãe causado pela gravidez; quando a gestação é resultante de um estupro e se o feto for anencéfalo.
De acordo com o especialista em Direito e Processo Penal, sócio do escritório Cury & Cury Sociedade de Advogados, Rogério Cury, a medida - que ainda precisa ir a Plenário e depende da sanção presidencial-, gera um grande conflito com regimento do Código Penal, ao propor alterações em dois dispositivos da Constituição Federal. "As hipóteses de aborto legal previstas no Código Penal são bastante ponderadas. Não é algo novo, é uma determinação de 80 anos atrás. Com a PEC, o aborto poderá ser considerado crime em qualquer hipótese, pois cria um conflito de conceitos", analisa Cury.

13 de nov de 2017

Hamburgaria e Gastronomia Lagartense: Inovando com a garantia do melhor sabor de sempre

Novo Espaço para melhor servir aos Clientes e Amigos
Hamburgaria Lagartense agora é Hamburgaria e Gastronomia Lagartense, mas um serviço que presta aos seus clientes, venha festejar conosco os 30 de sucesso dedicados a você amigo/cliente, que ao longo desses anos esteve sempre saboreando os produtos oferecidos.
E para celebrar essa trajetória de sucesso estamos disponibilizando  um cardápio novo e muito mais variado.
Equipe pronta e preparada para lhe servir a qualquer hora e lugar da cidade
através do Disk Lanche
São 30 anos e somos gratos à você cliente!
Não deixe de conferir o novo cardápio lançado pela Hamburgaria e Gastronomia Lagartense

Espaço Amplo, Moderno e Aconchegante
Valmir da Hamburgaria agradece a todos pela confiança depositada ao longo desses 30 anos.

Em Sergipe, políticos com pendências no TSE podem ter problemas maiores em 2018

Vários políticos de Sergipe ainda têm pendências no Tribunal Superior Eleitoral e dependem de julgamentos mais rápidos, tão rápidos que não sejam feitos por ministros considerados mais duros.

Quatro das sete cadeiras do tribunal terão seus ocupantes substituídos.
Luiz Fux presidirá a Corte a partir de fevereiro de já avisou que montará estrutura no TSE para fazer auditorias e perícias enquanto os candidatos prestarem contas parciais das campanhas do ano que vem. Ele também anunciou que buscará a cooperação de outros órgãos do poder público, como a Receita Federal.

Fux presidirá o TSE até agosto e planejará a maior parte das eleições. Rosa assumirá o cargo já na reta final das campanhas, que terminam com as eleições de outubro. Em agosto, com a saída de Fux, Edson Fachin, que também é do STF, vai para o TSE. 
Os outros dois integrantes do TSE em cadeiras reservadas para ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) serão Rosa Weber, que continua, e Luís Roberto Barroso, que tomará posse no tribunal em fevereiro, substituindo Gilmar. No STF, o trio já é visto como linha dura.

As duas cadeiras do TSE reservadas a ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) também terão outros ocupantes. Herman Benjamin sai em outubro de 2017 e será substituído por Jorge Mussi. Napoleão Nunes Maia sai em agosto de 2018 para dar lugar a Og Fernandes. Mussi costuma tomar decisões duras em direito penal.

Em 2015, no julgamento de um pedido de habeas corpus do empreiteiro Marcelo Odebrecht, Mussi não somente votou contra o benefício, como fez um desabafo contra a corrupção.

— Os brasileiros não aguentam mais ser apunhalados pelas costas de maneira sórdida. Já chega, basta! — protestou.

QUEM SAI: Gilmar Mendes (fevereiro de 2018); Luiz Fux (agosto de 2018); Herman Benjamin (outubro 2017) e Napoleão Nunes Maia (agosto de 2018).

QUEM ENTRA: Luiz Roberto Barroso (no lugar de Gilmar); Edson Fachin (Fux); Jorge Mussi (Herman Benjamin) e Og Fernandes (Napoleão)

por NE NOTÍCIAS/ O GLOBO, da redação
Com informações de O Globo


Prefeitura de Lagarto realizou diversas solenidades de inauguração na ultima sexta-feira dia 10

As solenidades iniciaram às 09h00 da manhã no Centro de Especialidades (antiga Maternidade Monsenhor Daltro), onde o município recebeu da Justiça Federal de Lagarto um veículo, que dará suporte a Secretaria de Saúde e outro automóvel adquirido através de recursos municipais que foi destinado para o CEREST. Em seguida, foram entregues 10 aparelhos auditivos à usuários do projeto ‘Todo Som’, que é uma parceria entre a Secretaria de Saúde e a Universidade Federal de Sergipe.

Continuando a agenda, foram realizadas as inaugurações da Quadra de Esportes José Domingos de Jesus, no Bairro Jardim Campo Novo, do Centro de Atenção Psicossocial João Rosendo dos Santos (CAPS AD III) e da Unidade de Acolhimento Adulto (UA).

9 de nov de 2017

Centrais sindicais protestam nesta sexta-feira, 10, contra reforma da Previdência

Trabalhadores da Força Sindical e das demais centrais sindicais realizarão manifestações nesta sexta-feira, dia 10, em várias regiões do País, em protesto contra a reforma da Previdência, que retira direitos.

Em São Paulo, o principal ato deste Dia Nacional de Paralisação contra a reforma da Previdência terá concentração na Praça da Sé, a partir das 10 horas. Confira a seguir onde serão realizadas manifestações:

Acre – Em frente ao Palácio Rio Branco – sede do governo estadual – Brasil, rua Benjamin Constant – Centro, AC – a partir das 9 horas.
Alagoas – Praça Centenário. Em seguida os manifestantes percorrerão o centro de Maceió, terminando na Assembleia Legislativa do Estado – a partir das 9 horas.
Distrito Federal – Esplanada dos Ministérios – a partir das 12 horas.
Espírito Santo – Concentração na Praça 8, com caminhada até a Justiça do Trabalho (Parque Moscoso), a partir das 12 horas. Concentração na UFES, com ato político às 17 horas.
Goiás – Anápolis – Polo industrial – 30 mil trabalhadores vão parar a partir das 6 horas e, depois, caminhada por todo o Polo, onde as atividades serão paralisadas.
Maranhão – Unitário – Interdição da Barragem do Bacanga. A partir das 5 horas, concentração. Às 10 horas, caminhada até o Anel Viário, nas imediações do Centro Histórico.
Mato Grosso – Praça da República (em frente à prefeitura de Cuiabá) – a partir das 15 horas.
Mato Grosso do Sul – Em frente à Superintendência do Trabalho de Campo Grande – a partir das 8 horas.
Minas Gerais – Ato unitário na Praça Sete, em Belo Horizonte – a partir das 11 horas.
Pará – Ato unitário, a partir das 8 horas, na Praça Brasil, em frente ao Tribunal do Trabalho, seguindo, depois, em passeata até o Mercado Ver o Peso, em Belém.
Paraná – Diversas categorias das sete maiores centrais sindicais do Brasil. Os metalúrgicos farão um grande ato na Boca Maldita, centro de Curitiba, a partir das 11 horas.
Pernambuco – Praça do Derby – Recife, PE – concentração a partir das 9 horas.
Rio de Janeiro – Caminhada da Candelária até a Cinelândia, no Centro do Rio – a partir das 16 horas.
Rio Grande do Sul – Concentração na Justiça do Trabalho, às 14 horas, seguindo, em seguida, para o centro de Porto Alegre, na Esquina Democrática – ato unitário a partir das 8 horas.
Santa Catarina – Cada sindicato fará panfletagem em sua base.
São Paulo
Capital –
 Concentração na Praça da Sé, às 10 horas.
Ribeirão Preto – Em frente ao Terminal Rodoviário de Ribeirão Preto, localizado na Av. Jerônimo Gonçalves, 640 – Centro – a partir das 6 horas.
Sergipe – A Força Sindical realizará um ato a partir das 7h30, saindo da av. Barão de Maruí (Estadual) até a Praça Fasto Cardo.
Tocantins – Concentração, a partir das 9 horas, na Agência da Caixa Econômica Federal, Quadra 104 Sul, rua SE 01 (ponto da Ambira, centro – Palmas).

Mais informações:

João Carlos Gonçalves, Juruna
Secretário-geral da Força Sindical
Fone: (11) 9 9974-3547


Sérgio Luiz Leite, Serginho
1º secretário da Força Sindical
Fone: (11) 9 9942-5442


6 de nov de 2017

Pesquisa revela situação desfavorável para Jackson Barreto em Lagarto

Pesquisa sobre as eleições 2018 realizada no município de Lagarto apontou para a vitória de Lula para presidente. O senador Eduardo Amorim aparece como o mais votado para governador do Estado e para o Senado. Em todas as situações perguntadas envolvendo o nome do governador Jackson Barreto e do deputado federal André Moura, eles aparecem em situações bastante desfavoráveis.
Pesquisa sobre as eleições 2018 realizada no município de Lagarto apontou para a vitória de Lula para presidente. O senador Eduardo Amorim aparece como o mais votado para governador do Estado e para o Senado. Em todas as situações perguntadas envolvendo o nome do governador Jackson Barreto e do deputado federal André Moura, eles aparecem em situações bastante desfavoráveis. A pesquisa revelou, também um grande percentual de votos brancos e nulos.  A pesquisa foi realizada pelo Instituto Exclusivo entre os dias 10 e 11 de outubro.
Para a pergunta: o senhor votaria num candidato apoiado pelo governador Jackson Barreto? 60,9% responderam que não; 25,5% disseram que sim e 13,5% não souberam responder ou ficaram indecisos.
A pergunta, se a eleição para governador fosse hoje, em quem votaria. Foram apresentados os nomes de Eduardo Amorim (17,2%), Valadares Filho (11,6%), Belivaldo Chagas (1,9%), Doutor Emerson (1,1%) e André Moura (0,6%). Brancos e nulos totalizariam 31,9 dos votos e 35,5 responderam que estariam indecisos ou não saberiam
Para a pergunta: Se as eleições fossem hoje, em qual candidato você não votaria de maneira alguma para governador do Estado (Resposta estimulada): André Moura (9,2%); Doutor Emerson (7,5%); Eduardo Amorim (6,1%); Valadares Filho (5,8%); Belivaldo Chagas (3,3%) e indecisos  ou não sabem (66,1%).
Para o Senado:  12,8% votariam em Sérgio Reis, 12,5% votariam em Eduardo Amorim, 6,4% no senador Valadares, 5,3% em Rogério Carvalho, 3,9% em Fábio Mittidieri, 3,1% em Jackson Barreto, 24,2% votariam brancos ou nulo e 29,8% não saberiam responder ou não votariam.
Adelson Ribeiro mesmo sem mandato e há muitos anos sem
concorrer a eleições ainda é lembrado em todos os pleitos
eleitorais como nome forte para concorrer a qualquer cargo
.
Para deputado federal, a pesquisa mensurou: 7,6% votariam em Fábio Reis, 3% para Gustinho Ribeiro, 1,9% para Sérgio Reis, 0,6% para Ibrain Monteiro, o mesmo percentual teria Valadares Filho e Goretti Reis, Iran Barbosa, Adelson Ribeiro (foto), mesmo sem mandato  ainda é lembrado pela população, João Daniel e Pastor Jonny, teriam 0,3 das intenções de votos. Brancos ou nulos somariam 25,2% e Não saberiam responder e indecisos, 58,7%.
Para deputado estadual: Goretti Reis, 3,0%; Ibrain Monteiro 2,5%; Gustinho Ribeiro, 1,4%; Jerônimo e Fábio Reis, 0,3%. Brancos ou nulos somariam 26,3% e não saberiam responder ou indecisos, 64,5%.
A pesquisa também perguntou para presidente em quem votaria: Lula (50,7%), Marina Silva (8,9%), Jair Bolsonaro (6,9%), Ciro Gomes (2,8%), João dória (2,2%), Aécio Neves (0,8%) Brancos ou nulos (11,9%) e não sabem ou indecisos, 15,8%
Por: Rafaell Trindade  - 06/11/2017
Fonte: Fan F1


3 de nov de 2017

A cada 7 minutos, uma criança ou um adolescente morre vítima da violência

Relatório do UNICEF traz uma análise detalhada sobre as mais diversas formas de violência sofridas por meninas e meninos em todas as regiões do planeta. América Latina e Caribe têm os mais altos índices de homicídios.


Nova Iorque/Brasília, 1º de novembro de 2017 –  A cada 7 minutos, em algum lugar do mundo, uma criança ou um adolescente, entre 10 e 19 anos, é morto, seja vítima de homicídio, ou de alguma forma de conflito armado ou violência coletiva. Somente em 2015, a violência vitimou mais de 82 mil meninos e meninas nessa faixa etária – 24,5 mil dessas mortes aconteceram na região da América Latina e do Caribe.

Os dados são do relatório A Familiar Face: Violence in the lives of children and adolescents (Um Rosto Familiar: A violência na vida de crianças e adolescentes), lançado hoje pelo UNICEF, que faz uma análise detalhada das mais diversas formas de violência que crianças e adolescentes sofrem em todo o mundo: violência disciplinar e violência doméstica na primeira infância; violência na escola – incluindo bullying; violência sexual; e mortes violentas de crianças e adolescentes.

"Os homicídios muitas vezes são só a última etapa em um ciclo de violência a que crianças e adolescentes estão expostos desde a primeira infância. O relatório nos diz que a maioria dos homicídios contra adolescentes não acontece em países que estão em conflito, como Síria, mas nos países da América Latina e do Caribe, e o Brasil encontra-se entre aqueles com as taxas mais alta de homicídios de adolescentes do mundo", explica Florence Bauer, representante do UNICEF no Brasil.

"Precisamos juntar todos os nossos esforços para interromper a violência, começando pelo castigo corporal na primeira infância. A proibição do castigo corporal no Brasil, em 2014, foi um passo importante para isso. Entretanto, para a efetiva implementação desse tipo de legislação, é necessária uma mudança cultural e é preciso ter a consciência de que a violência atinge todas as classes sociais", diz Florence.

O Brasil é citado como um dos 59 países que têm uma legislação que proíbe o castigo físico. Segundo o relatório, apenas 9% das crianças com menos de 5 anos em todo o mundo vivem nesses países, o que deixa outros 607 milhões sem uma proteção legal contra esse tipo de violência.

Todas as crianças e todos os adolescentes têm o direito de ser protegidos contra qualquer tipo de violência, seja aquela que acontece no ambiente familiar, na comunidade, em consequência de conflitos armados ou de violência urbana. Todas as formas de violência vivenciadas por meninas e meninos, independentemente da natureza ou gravidade do ato, são prejudiciais. Além da dor e do sofrimento que causa, a violência mina o senso de autoestima das crianças e dos adolescentes. Muitos estudos demostram uma alta probabilidade de que meninas e meninos vítimas de violência ou expostas a ela utilizem violência para solucionar disputas e conflitos quando forem adultos.

A desigualdade no Brasil e a utopia da transformação

*Por Celso Luiz Tracco

A sociedade brasileira vem enfrentando enormes dificuldades nos últimos anos. Corrupção endêmica, violência urbana, altas taxas de desemprego, uma grave crise ética, falta de confiança em sua classe política são sinais claros da falta de esperança em um futuro promissor. Como resultado imediato, aumenta o número de jovens e mesmo de famílias constituídas que decidem construir suas vidas no exterior, refazendo o caminho inverso de seus antepassados, 100 anos atrás.
Mas, será que a nossa sociedade tem consciência de que esta crise não é de agora? Será que ela procura refletir as verdadeiras causas de seu infortúnio? Mais ainda, será que ela, tomando consciência das causas reais, tem condições de combatê-las transformando esse cenário caótico?

Reforma 500 anos: A trajetória brasileira

Luiz Sayão (*)
O panorama religioso brasileiro mudou radicalmente. A religião dominante perdeu espaço, minorias como os sem-religião, espíritas e evangélicos têm crescido no Brasil. Os pentecostais e neopentecostais cresceram de modo surpreendente. Os herdeiros da Reforma Protestante, os evangélicos, eram cerca de 13% da população em 1991, chegaram a 22% em 2010 e atingem 32% hoje (Datafolha). São mais de 60 milhões de pessoas.

A Reforma, que mudou a história da Europa, foi um retorno à Bíblia. Sola Scriptura foi o grito de Lutero, acompanhado por Calvino, Zuínglio e muitos outros. As mudanças socioculturais, econômicas e teológicas decorrentes do Protestantismo reescreveram a trajetória de diversos povos e lhes deu nova identidade.  Os contornos teológicos do fim da Idade Média exigiam uma releitura da cristandade europeia a partir de suas origens. Os reformadores, luteranos, anglicanos, calvinistas e anabatistas, esboçaram uma caminhada em direção ao cristianismo primitivo, à busca da exegese bíblica, à compreensão da graça divina e da salvação, à liberdade de consciência.