14 de jun de 2017

Racismo um problema antigo perpetuado até hoje

Patrycia Nascimento
A sociedade brasileira grita que somos um povo sem acepção de pessoas e que não distingue ninguém pela cor da pele. No entanto, esse é um argumento existe preconceito racial em qualquer lugar.
Não existe "pureza" no Brasil, somos uma mistura de todas as cores, raças e etnias. Se alguém atualmente testemunha um ato racista na sociedade, em sua maioria repudia o ato cometido por alguém ou um grupo de pessoas. O problema é que as pessoas não percebem como alguns "pequenos" atos são preconceituosos. Como, por exemplo, alguém vê uma negra de cabelo liso e comenta: "ela tem um cabelo bom, mesmo sendo negra." Mesmo que as pessoas não percebam, esse tipo de comentário é racista.

Antigamente isso era mais explícito, a ponto de que ser chamado de negro era uma ofensa para as pessoas, porém na atualidade, ainda existe racismo, a diferença que é disfarçado. A melhor providência a ser tomada é educar as pessoas, principalmente as crianças, cortando algumas "brincadeiras" de mau gosto, e mostrar o porquê é errado falar ou fazer algumas coisas. Que os pais venham começar a ter essa consciência, fazendo da geração dos seus filhos melhor do que a sua.

Por: Patrycia Nascimento publicado no jornal Impresso Folha de Lagarto

Nenhum comentário:

Postar um comentário