3 de out de 2016

Mudança ALESE: Três deputados estaduais são eleitos prefeitos

Assembleia Legislativa convocará suplentes para preencher vaga
Três deputados estaduais deixam a Assembleia Legislativa de Sergipe para assumir os cargos de prefeitos. Foram eleitos no pleito deste domingo, 2, os deputados Gilson Andrade (PTC), que administrará a Prefeitura de Estância, Padre Inaldo Silva (PcdoB), que venceu o pleito em Nossa Senhora do Socorro, e Valmir Monteiro (PSC), eleito para a Prefeitura de Lagarto. Eles serão substituídos pelo radialista Gilmar Carvalho, pelo vereador Adelson Barreto Filho [o Tijói, denunciado por suposto desvio de verbas indenizatórias distribuídas pela Câmara de Vereadores de Aracaju] e o vereador Moritos Matos.
O deputado estadual Gilson Andrade obteve 40,79% dos votos válidos (14.405), contra 31,57% dos votos válidos (11.149) obtidos pelo adversário Carlos Magno (PSB). Em Nossa Senhora do Socorro, o deputado Padre Inaldo, que teve apoio do governador Jackson Barreto (PMDB), venceu o pleito com 35.190 votos (73,12%) contra o adversário, Samuel (PPS), que obteve 12.276 votos (25,51%).
No município de Lagarto, o deputado Valmir Monteiro venceu o pleito com 32.966 votos (59,24%), derrotando o adversário Jerônimo Reis (PMDB), ficou em segundo lugar com 21.120 votos (37,95%).
Suplentes: Os suplentes dos três deputados são Gilmar Carvalho, Adelson Barreto Filho e Diógenes Almeida. Mas uma das vagas será ocupada pelo segundo suplente, o ex-vereador Moritos Matos. É que Diógenes Almeida foi eleito prefeito de Tobias Barreto, com 50,16% dos votos válidos, derrotando o adversário César Prado (PSL), que obteve 48,62%.

Com informações da Diretoria de Comunicação da Alese


Nenhum comentário:

Postar um comentário