12 de set de 2016

Roberto precisa de ajuda para tratamento em SP
Doente renal há 13 anos ele passou por cirurgias e terá que fazer hemodiálise três vezes por semana.

O lagartense Roberto dos Santos é doente renal crônico e faz hemodiálise há 13 anos interruptos.
Devido a todo esse tempo houve um descontrole das "paratireóides", quatro pequenas glândulas que se localizam atrás da glândula da tireóide, na região do pescoço. Ele precisou de uma cirurgia para retirar as mesmas e o procedimento foi feito em São Paulo.
Após a cirurgia foi diagnosticada uma osteoporose, doença em que a degradação estrutural e a diminuição da densidade mineral dos ossos aumentam o risco de fraturas ósseas.
Apenas oito dias de alta Roberto sofreu uma fratura no colo do fêmur tendo que fazer uma outra cirurgia para implante de prótese. Ele já recebeu nova alta porém necessita o tempo inteiro de uma cadeira de rodas e de um andador.


A necessidade da família está justamente na permanência de Roberto e da sua esposa Edjane na capital.
O casal está se mantendo em um hotel simples, mas devido às últimas e inesperadas cirurgias ele precisa de um Hotel/pensão que ofereça acessibilidade para cadeirantes.
Roberto vai precisar fazer hemodiálise três vezes por semana, além dos retornos cirúrgicos pelos dois procedimentos que se submeteu. Como é um doente renal e recém-operado, não pode se expor ao perigo do transporte coletivo e terão que se deslocar de taxi.
Se você pode e quer ajudar nosso conterrâneo deposite qualquer quantia na:
Agência da Caixa Econômica 0645 Tipo. 013 
Conta/Poupança 
44.377-7 
em favor de 
Roberto dos Santos
ALERTA

Cuidado com o "golpe da campanha": Pessoas se aproveitam da boa fé e saem pelo comércio ou de porta em porta com fotos de matérias como esta para conseguir dinheiro fácil. O único apelo está sendo feito por meio do Portal Lagartense e possivelmente de outros sites de notícia da cidade que se somarão a causa. Nós do Site Folha de Lagarto, também estamos sensibilizados com o apelo e reiteramos pedindo que o meio mais seguro de ajudar é o deposito em banco. Não dê dinheiro, nem compre rifa de pessoas desautorizadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário