24 de abr de 2015

Deputado confirma pré- candidatura para 2016



O deputado estadual Valmir Monteiro (PSC), “Valmir da Madeireira”, participou da festa da Cavalgada do Povoado Mangabeira, em Lagarto, e foi entrevistado pelo radialista Vilânio Santos, da Rádio 13 FM, da Colônia 13. Na Oportunidade, Valmir lamentou a situação caótica pela qual se encontra a atual administração municipal de Lagarto, lamentou que muitas obras tenham sido paralisadas e que muito pouco tenha sido desenvolvido pelo atual prefeito Lila Fraga (PSDB).
Valmir disse que está muito feliz com a maior votação da história de Lagarto de um deputado estadual, onde teve quase 20 mil votos e que vai ouvir os amigos e a população, no momento certo, para decidir se irá ou não disputar a prefeitura municipal em 2016. “Entramos para a história como a maior votação de um deputado estadual. Quase sairia eleito de Lagarto. Só não tive mais votos porque nossos adversários e setores da imprensa jogaram para Sergipe que eu venceria a eleição, mas que ficaria inelegível. Aquilo me atrapalhou muito”.

Em seguida, o deputado colocou que “eu não tenho medo de ir para a eleição no ano que vem! Já fui candidato quatro vezes. Venci e perdi. É muito cedo para a gente falar sobre isso, mas no momento certo eu vou me reuni com meus amigos e com os eleitores para que a gente tome uma decisão. Se tiver outro nome no agrupamento, eu darei todo apoio. Mas se o povo entender que eu devo voltar, que o melhor nome para a disputa é o meu, eu não me furtarei. Essas pessoas me deram todos os mandatos que exerci e nós vamos atender os pleitos deles”.
Valmir Monteiro também fez duras críticas a atual administração de Lagarto. “Lamentavelmente a atual administração é muito ruim. Lagarto parou no tempo! A gente torce que o prefeito aproveite esses 18 meses pela frente e faça alguma coisa. Que melhore em obras e realizações. Infelizmente esses gestores atuais não fazem aquilo que Lagarto merece. Somos a maior cidade do interior sergipano em habitantes e só perdemos para Socorro que é da Grande Aracaju”.
Valmir lamentou que o prefeito Lila Fraga tenha encerrado o programa Bolsa Família Municipal. “Nós deixamos mil pessoas cadastradas. De acordo com os cadastros do programa nacional, a gente ia substituindo e ajustando no intuito que todos fossem beneficiados. O atual prefeito entendeu que deveria encerrar o programa. Isso não era bom apenas para as famílias, mas para o comércio de uma forma geral. Infelizmente o município atravessa um verdadeiro caos administrativo. Lagarto não cresce e nem se desenvolve”.
Antes de concluir a entrevista, Valmir lamentou que o “orgulho de ser lagartense” tenha ficado em segundo plano na gestão atual. “Os próprios adversários nos encontram e dizem que têm compromisso com o grupo do prefeito, mas que nossa gestão foi boa. Deixamos uma creche praticamente, só faltando a energia. Quase dois anos depois com o prédio fechado, ele inaugura”.
“A creche do Loteamento Mesquita fizeram toda a polêmica, mas quem escolheu o local não foi a Prefeitura. O MEC exige três locais para implantar a creche em uma região. O MEC fazia a vistoria e definia o local. Hoje alegam que a construção foi irregular por conta do terreno e das infiltrações. Como se essa fosse nossa responsabilidade! Talvez a gente não tenha feito tudo, mas fizemos mais que as gestões anteriores e muito mais que a atual”, completou o deputado.
Povoado
Valmir destacou a felicidade de poder participar de mais uma Cavalgada do Povoado Mangabeira. “Quanto estou aqui me sinto em casa. Aprendi a gostar desse lugar, não como político, mas porque a maioria das pessoas que moram aqui conheceram minha família, me conhecem desde muito jovem, quando morei na Água Fria (Salgado). Aqui, todas as vezes que coloquei meu nome a disposição, tive sempre 80% do eleitorado ao meu lado. Agradeço a amigos como Edvaldo, Zé Correia, Sílvio, Belo e tantos outros. Todos os anos nós fazemos questão de participar e ajudar a manter essa tradição do povoado”.

Por Deputado Valmir Monteiro, assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário