20 de ago de 2014

Jackson critica TV Sergipe



“Acho que a TV Sergipe  perdeu uma grande oportunidade mostrar ao povo sergipano as propostas do candidato, o trabalho e os esforços que fazemos pelo povo”. Resumiu o governador Jackson Barreto (PMDB) ao deixar os estúdios da TV Sergipe após entrevista ao jornal SE TV 2a Edição, apresentado pelo jornalista Ricardo Marques e exibido na noite de ontem, 19.
A emissora realiza uma série de entrevistas com os postulantes ao Executivo estadual e, seguindo a ordem definida por sorteio, Jackson foi o segundo candidato a ser entrevistado. Porém, durante os 5 minutos de entrevista, não houve questionamentos sobre o plano de governo para os próximos quatro anos. O apresentador se limitou a problemas políticos e judiciais passados, quando, por exemplo, o candidato foi prefeito de Aracaju.

18 de ago de 2014

As Eleições e as Surpresas que vem Surgindo


  
Este ano teremos eleições para os cargos de Governador, Senador, Deputado Federal e Estadual em todo o País, no entanto muitas das coligações estão se misturando, coisa que não víamos com tamanha frequência em eleições passadas, onde um grupo politico, não aceitava que seus seguidores (eleitores fanáticos, antigos votos de cabrestos), votassem em candidatos que não fossem de sua chapa ou coligação, isso acontecia principalmente em cidades pequenas, a exemplo de nossa Lagarto, onde a rivalidade politica se transformava numa verdadeira guerra pelo poder, inclusive parentes próximos (até irmãos) disputavam os mesmos cargos em diferentes coligações, que ao longo da campanha trocavam farpas e difamações, isso tudo pelo poder e para chegar ao poder.

15 de ago de 2014

"Tenho certeza absoluta que não desonrei os 80 mil votos que recebi em 2010 dos sergipanos"



O deputado federal Laércio Oliveira (SDD), agradeceu aos sergipanos por todo apoio dado ao seu trabalho como representante do estado na Câmara dos Deputados. Ele concedeu entrevista para o jornalista Carlos Batalha, em seu
programa na TV Cidade, na tarde de ontem, 14.
“Tenho certeza absoluta que não desonrei os 80 mil votos que recebi em 2010. Esse trabalho foi feito em uma construção com todos os municípios, em favor da população de cada cidade de Sergipe, independente de partido político. Fizemos nossas prestações de contas à sociedade, para mostrar pelo que trabalhamos nesses quatro anos. Também conversamos com o povo nas ruas, para saber de suas maiores demandas e assim poder focar a atuação de forma mais dedicada para os problemas do povo”.