14 de nov de 2013

Laércio defende em artigo no Correio Braziliense a valorização do agentes de saúde

O deputado federal Laércio Oliveira publicou um artigo no jornal Correio Brasiliense com o título “Valorização inadiável dos agentes comunitários de saúde”. No texto ele questiona o contrassenso que reside em “o Governo cantar loas à medicina cubana, de caráter marcadamente prioritário à prevenção de doenças, ao mesmo tempo em que se opõe a um direito mais do que merecido dos agentes comunitários de saúde, categoria que, no Brasil, desempenha esse papel cotidianamente, com dedicação e resultados meritórios”, informou o parlamentar.

O deputado acrescentou que sem a proteção legal de um piso mesmo o Governo Federal repassando por meio de portaria R$ 950 por mês aos Municípios para cada agente comunitário, alguns Executivos transfiram aos respectivos profissionais apenas o salário mínimo.
No texto, o deputado lembra ainda que a proposta do piso salarial dos agentes de saúde já se arrasta pela Câmara há sete anos. “É uma afronta à reivindicação de legitimidade inquestionável, dada a importância do trabalho dessa categoria que se espalha pelas cidades do Brasil, cada um deles visitando cerca de 200 famílias por mês, em regiões consideradas de elevada vulnerabilidade social”.




Nenhum comentário:

Postar um comentário