12 de set de 2013

Sob iminência de derrota, amigos sugerem renúncia de Barbosa

Segundo Claudio Humberto, do Diário do Poder, presidente do STF tem sido aconselhado a deixar a presidência da Corte para protestar contra novos rumos do julgamento da AP 470, com tendência para rever sentenças e livrar da cadeia 11 réus na ação, entre os quais o ex-ministro José Dirceu.
247 – Joaquim Barbosa tem sido aconselhado a deixar a presidência do STF caso os embargos infringentes da AP 470 sejam aceitos pela maioria dos ministros e, assim, abrir caminho para rever sentenças de mais de 11 réus do processo.

AMIGOS PEDEM QUE JOAQUIM ABANDONE O STF
A expressão “está tudo dominado” tem sido muito utilizada por amigos e interlocutores do presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Joaquim Barbosa, para recomendar, inclusive em mensagens para seu celular, que abandone a Corte em protesto contra os rumos do julgamento do mensalão, com tendência para rever sentenças e livrar da cadeia 11 réus na ação, entre os quais o ex-ministro José Dirceu.

QUE QUADRILHA?
Condenado por “chefiar a quadrilha do mensalão”, José Dirceu pode se livrar da pena por formação de quadrilha, e escapar do regime fechado.

REVIRAVOLTA
Observadores experientes do comportamento dos ministros do STF acham que o mais provável é que o placar pró-mensaleiros será 6×5.

ATIRANDO NA TVAmigos querem que Joaquim faça mais do que Adauto Lúcio Cardoso em 1971, e explique, em rede de TV, por que não ficaria no STF.
PRECEDENTE
Após ver julgada constitucional a lei de censura do ditador Médici, Adauto Lúcio Cardoso despiu-se da capa de ministro e saiu do STF.



Nenhum comentário:

Postar um comentário