20 de dez. de 2012

Senado 'devolve' mandatos de senadores cassados na ditadura


Mandatos de oito parlamentares foram devolvidos simbolicamente. Entre os senadores homenageados, está Juscelino Kubitschek ex-presidente da Republica.

O Senado devolveu simbolicamente nesta quinta-feira (20) os mandatos parlamentares de oito senadores cassados durante a ditadura militar.
“O que o Senado Federal está fazendo nesta sessão solene é um ato de justiça e representa o resgate da memória nacional”, disse o presidente do Senado, José Sarney.

Foram homenageados na cerimônia com a devolução dos mandatos os ex-senadores Juscelino Kubitschek, Aarão Steinbruch, Arthur Virgílio Filho, João Abraão Sobrinho, Mário de Sousa Martins , Pedro Ludovico Teixeira e Wilson de Queirós Campos. O ex- senador Marcello Alencar, que também foi governador do Rio de Janeiro e prefeito da capital, foi o único homenageado vivo.
 “Ele achava que ainda poderia restaurar a democracia nesse país, mas um dia ele disse: 'Minha filha, não vou estar vivo para ver isso'. Hoje ele está aqui de volta. Meu coração está emocionado, mas feliz”, discursou Maria Estela Kubitschek, filha de Juscelino.
No dia 6 de dezembro, a Câmara também promoveu uma sessão para devolver simbolicamente os mandatos que a ditadura militar cassou de 173 deputados. A maioria dos 28 parlamentares ainda vivos foi ao plenário para a homenagem de iniciativa da Comissão da Memória, Verdade e Justiça.
Os demais foram representados por parentes. Durante a sessão, eles receberam diplomas e broches de uso parlamentar.

Fonte: Do G1, em Brasília

Nenhum comentário:

Postar um comentário