17/10/2012

Número de atendimentos do Hospital de Lagarto cresce 7,9% fortalecendo rede estadual de urgência


A implantação de novos serviços, como o de hemodiálise intra-hospitalar, a ativação do Centro Cirúrgico, com a realização de cirurgias gerais de urgência e emergência e ortopédicas, vêm contribuindo para aumentar a resolutividade do Hospital Regional Monsenhor João Batista de Carvalho Daltro (HRL), gerenciado pela Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) em Lagarto, na região Centro-Sul de Sergipe. É o que apontam os relatórios gerenciais e de produção do HRL referentes aos nove primeiros meses de 2012.

De acordo com o levantamento, o número de atendimentos de urgência e emergência - entre procedimentos clínicos e de enfermagem em geral, consultas especializadas em pediatria, ortopedia, administração de medicamentos, dentre outros -, de janeiro a setembro deste ano chegou a 85.513. Este montante representa um crescimento de 7,9% em comparação ao mesmo período do ano passado, quando foram realizados 79.222 atendimentos. Já o número de pacientes atendidos (43.565) nos nove primeiros meses de 2012 registrou alta de 14,6% se comparado a janeiro a setembro de 2011 (37.998).
Para o superintendente do Hospital Regional de Lagarto, Oldegar Alves Júnior, outros números apurados na análise dos relatórios apontam também na mesma direção, ou seja, no sentido da melhoria da qualidade dos serviços prestados aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Nossa taxa de transferência externa, pelos números apurados até agora, demonstram que o hospital tem tido uma importância cada vez maior para a rede estadual de urgência e emergência, diz superintendente do HRL.
De acordo com os relatórios de produção do HRL, a taxa média mensal de transferência externa, um dos principais indicadores para avaliar a resolutividade das unidades hospitalares, de janeiro a setembro deste ano caiu 11,7%, passando de 1,7% para 1,5% este ano. “Isso significa que, em torno de 98% dos pacientes atendidos na unidade puderam resolver seus problemas de saúde no próprio hospital regional, sem necessidade de transferência para outra unidade da rede. Antes a maioria desses pacientes era encaminhada ao Huse, mas com o trabalho, reestruturação de escalas e contratação de profissionais, estamos fazendo as nossas unidades funcionarem em rede e isso é um avanço muito importante”, explica o secretário estadual da Saúde, Silvio Santos.
Cirurgias ortopédicas
Desde 21 de agosto, o Centro Cirúrgico do Hospital Regional de Lagarto começou a realizar cirurgias ortopédicas. De lá para cá, já foram feitas cerca de 70 cirurgias ortopédicas, das quais somente 48 no mês passado. Grande parte beneficiou pacientes encaminhados pelo Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), em Aracaju, como parte do esforço feito pelo Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e da FHS para reduzir a fila de usuários que aguardam por um procedimento cirúrgico desse tipo no maior hospital público da rede estadual.
Uma dessas cirurgias beneficiou a jovem Adenilza Braz Francisco, de 23 anos, moradora do bairro Alto da Boa Vista, também em Lagarto. Estive rodeada de anjos. Desde os médicos às enfermeiras e às serventes, recebi um ótimo atendimento, relata. Vítima de um acidente motociclístico no trevo de Riachão do Dantas, também na região centro-sul do Estado, Adenilza sofreu fraturas no fêmur (das duas pernas), na tíbia e na bacia.
A jovem passou por três cirurgias no Huse - duas delas de emergência -, e no último dia 28 de agosto se submeteu a mais dois procedimentos cirúrgicos, desta vez no Hospital Regional de Lagarto, para a retirada de fixador e implantação de platina. Um dia depois, ela já havia recebido alta médica e, depois disso, já retornou ao HRL em outras duas oportunidades, para revisões com o médico ortopedista de plantão.
Outros números
A análise dos relatórios gerenciais e de produção do HRL também revela aumento no número de exames complementares realizados de janeiro a setembro deste ano pelo hospital, totalizando 101.452. Pelo levantamento, nos nove primeiros meses do ano, a demanda por esses exames cresceu 36,4% se comparado ao mesmo período de 2011 (74.343). Isoladamente, os exames laboratoriais clínicos (88.290) aumentaram 40,5%, de janeiro a setembro de 2012, na comparação com os nove primeiros meses do ano passado (62.806).
Já os diagnósticos por radiologia (11.402), de janeiro a setembro deste ano, tiveram um acréscimo de 16,7% em comparação aos realizados no mesmo período de 2011 (9.762). O total de internações, que de janeiro a setembro deste ano foi de 1.737, também registrou alta, neste caso de 7,4% em comparação às 1.617 registradas no mesmo período de 2011.


Tito Lívio de Santana
Hospital Regional de Lagarto
Assessoria de Comunicação
(79) 3662-1512 - (79) 8867-8315

Nenhum comentário:

Postar um comentário