17 de out de 2012

Flamarion Déda: Carta aberta ao povo lagartense


Agradeço a todos, até mesmo aqueles que não compreenderam nossa mensagem, pois serve de indicativo para que possamos repensar e avançar melhorando nossa ações
Da Assessoria do Vereador
Companheiros e Companheiras. Quero expressar o agradecimento pelos votos que obtive no pleito de 2012, insuficiente para renovação do mandato de vereador, mas significativos como demonstrativo de que 811 amigos e amigas respaldaram o nosso mandato. 
São trabalhadores sem terra, lutadores e lutadoras por moradia, trabalhadores do campo e da cidade que viram em nossas ações uma nova forma de fazer política livre dos requisitos do tradicionalismo político de Bole-Bole e Saramandaia, mas também sem o radicalismo cego daqueles que desconhecem a importância dos que governaram Lagarto independente de seu agrupamento. São amigos e amigas que contribuíram: pedindo votos, panfletando, torceram, angustiaram-se e sofreram, são amigos que se destacaram pela postura adotada durante a campanha eleitoral, são amigos que merecem e serão guardados no lado esquerdo do peito (no coração). Assim agradeço a todos, até mesmo aqueles que não compreenderam nossa mensagem, pois serve de indicativo para que possamos repensar e avançar melhorando nossas ações. Por vocês, companheiros e companheiras das horas certas e incertas, continuaremos na luta por moradia, reforma agrária e pela melhoria na qualidade de vida do povo lagartense, principalmente direcionando nossas ações para aqueles desprovidos de políticas publicas, continuaremos na constituição do PT em Lagarto para que possamos um dia indicar nomes que venham encabeçar uma chapa majoritária na perspectiva de possibilitar à Lagarto a oportunidade que o povo  brasileiro e sergipano tiveram de ser administrada pelo partido dos trabalhadores comprometidos com as lutas e clamores populares. Muito obrigado a todos!

Com um grande abraço de Flamarion Déda

Nenhum comentário:

Postar um comentário