17 de abr de 2012

Morreu na Manhã de hoje o Lagartense Luiz Antônio Barreto


Hoje 17 de abril por volta das 10h20 da manhã morreu o jornalista e historiador Lagartense, Luiz Antônio Barreto. Internado desde o último dia 4, com problemas cardíacos e renais, ele morreu no Hospital Primavera por falência múltipla dos órgãos. De acordo com o último boletim médico, o diagnóstico foi infecção generalizada decorrente de uma infecção urinária.


A secretária da Cultura de Sergipe, Eloísa Galdino, por meio de nota oficial, lamenta a morte. "Sergipe perde uma de suas maiores referências intelectuais. Luiz Antônio Barreto desenvolveu um trabalho marcante no jornalismo do nosso Estado, tendo passado pelos principais veículos de comunicação, e à frente das secretarias de Estado da Educação e da Cultura. Além disso, ele prestou uma enorme contribuição à preservação da nossa história através do Instituto Tobias Barreto", declarou Eloísa Galdino.
 
Nascido em 1944 na cidade de Lagarto, Luiz Antônio Barreto tinha mais de 50 anos de carreira como jornalista. Foi titular das Secretarias de Estado da Educação e da Cultura. Além disso, era membro da Academia Sergipana de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe (desde 1972) e do Conselho Estadual de Cultura.

É autor de diversos livros e centenas de artigos. Luiz Antônio Barreto tornou-se, nos últimos anos, um especialista em biografias, o que lhe rendeu a escrita do livro Personalidades Sergipanas em 2007. Trata-se de uma seleta de textos sobre figuras que marcaram a História de Sergipe, em seus mais variados aspectos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário