12 de mar de 2012

Hospital Regional de Lagarto comemorou o Dia Internacional da Mulher


Foto: Ascom/FHS
Por Tito Livio de Santana
Desenvolver atividades socioeducativas, culturais e interativas, além de proporcional bem-estar físico e mental à mulher trabalhadora, contribuindo para a elevação da autoestima das colaboradoras da unidade.  Com esse objetivo central o Hospital Regional de Lagarto Monsenhor João Batista Carvalho Daltro, gerenciado pela Fundação Hospitalar de Saúde (FHS), desenvolveu durante todo o dia 8 de março uma programação especial em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, comemorado na ultima quinta-feira , 8.

A programação foi elaborada e organizada pela Coordenadoria Administrativa e pelo núcleo de Serviço Social da unidade, como uma das ações de humanização contempladas no Planejamento Estratégico 2012 da FHS. Das atividades desenvolvidas, constou a distribuição de material informativo sobre sexualidade, saúde e direitos da mulher, além da realização de sessões de ginástica laboral e pilates e apresentação musical na recepção no hospital.
De acordo com a coordenadora administrativa do hospital, Sônia Maria dos Santos, a programação desenvolvida no dia 8 de Março foi uma das formas de demonstrar a importância que a mulher tem para a unidade. “O nosso grande plantel profissional é do sexo feminino, desde o pessoal de enfermagem, ao de nutrição e higienização”, justifica. Atualmente, dos cerca de 500 funcionários do hospital, entre funcionários do quadro geral específico da FHS, estatutários e terceirizados, cerca de 200 são mulheres.
“Com ações como essas, buscamos valorizar ainda mais a mulher e reforçar a o significado que ela tem como profissional para a instituição, pela delicadeza e o olhar de cuidado natural que possui”, salienta a coordenadora administrativa. “Com a programação especial procuramos proporcional momentos de lazer, interação e valorização da mulher trabalhadora, além de promover a humanização do espaço e a promoção da saúde”, acrescenta por sua vez a assistente social Maria Edileuza dos Santos.
Pilates - Entre as atividades realizadas em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, médicas, enfermeiras, auxiliares, técnicas e demais trabalhadoras que atuam no Hospital Regional de Lagarto puderam participar de sessões de pilates, um sistema de exercícios desenvolvidos para melhorar a flexibilidade, consciência corporal, o equilíbrio e a força das pessoas. Servidora da unidade desde a sua fundação, em julho de 2010, a técnica de enfermagem Cristiane Leite, natural de Campo do Brito, no Agreste do Estado, ficou satisfeita com a iniciativa. “Achei maravilhoso, porque você consegue relaxar o corpo e a mente. Acho que, independente da data, é uma atividade que deveria acontecer sempre”, afirmou.
As sessões, com duração de uma hora, cada, foram realizadas no Estar-Médico pela fisioterapeuta Ana Cristina Menezes Moura. Segundo ela, a prática de pilates é muito importante para reduzir o estresse e as tensões do cotidiano, como o do profissional de saúde, que lida com diferentes tipos de cargas físicas e emocionais. “É uma prática que serve para aliviar todas as dores que os profissionais se queixam, pois  fortalece a musculatura global do corpo e diminui o estresse, reduzindo a tensão muito comum a este  ambiente de trabalho”, salienta.
8 de Março - O Dia 8 de março foi consagrado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1945, como o Dia Internacional da Mulher. Trata-se de uma homenagem às operarias têxteis norte-americanas que em 1857 organizaram a primeira greve da história, conduzida unicamente por mulheres, as quais reivindicavam a redução da jornada de trabalho sendo reprimidas e foram trancadas na fábrica e queimadas vivas.

Por: Tito Lívio de Santana
Foto: Ascom/FHS

Nenhum comentário:

Postar um comentário