30 de jan de 2012

Após apresentação de show a cantora Rita Lee vai parar na Delegacia


Logo após o show, cantora seguiu para 
delegacia por críticas feitas a policiais 
(Foto: Reprodução/TV Sergipe)
Cantora foi detida após críticas a policiais, neste domingo (29). Rita se apresentou no Projeto Verão Sergipe, na Barra dos Coqueiros.
O delegado Leogenes Correa, da Delegacia Plantonista de Aracaju, afirmou no dia de ontem, domingo (29) que, em seu depoimento, a cantora Rita Lee alegou ter agido por emoção em seu show de despedida na Barra dos Coqueiros. A cantora foi detida porque teria xingado policiais que faziam a segurança no local de "cachorros" e "filhos da puta", segundo testemunhas.
"O delegado de plantão no evento, Carlos Frederico Murici, expediu um mandado de intimação, que solicitava que a cantora comparecesse à Coordenadoria de Polícia Civil da Capital para dar explicações sobre o ocorrido, o que não foi acatado por ela. Diante da negativa, ela foi comunicada que deveria se dirigir à Delegacia Plantonista de Aracaju”, explicou o delegado Leogenes.
Leogenes afirma que, em seu depoimento, a cantora disse que toda a ação foi gerada pelo calor das emoções e por ter achado truculenta e desnecessária a ação dos policias com seus fãs. Rita Lee, ainda de acordo com o delegado, citou como suas testemunhas a ex-senadora e vereadora de Maceió, Heloísa Helena (PSOL-AL), e a deputada estadual do Rio de Janeiro Janira Rocha (PSOL-RJ), que não compareceram à delegacia, mas que estariam presentes no show.
Rita Lee fez show de despedida em Sergipe
(Foto: Reprodução/TV Sergipe)
O depoimento da cantora foi acompanhado pelo coordenador das delegacias na capital Fernando Melo e pelo subsecretario de Segurança Pública, João Batista. O delegado Leogenes Correa solicitou, através de ofício enviado à secretária da Cultura, Eloísa Galdino, a fita com o áudio e o vídeo do show.
A equipe do G1 SE tentou entrar em contato com a assessoria de imprensa da cantora, mas até às 10h, horário de Sergipe, de domingo, ninguém foi localizado para comentar o assunto. No Twitter, Rita Lee afirmou que foi detida pela Polícia Militar por causa do que havia dito durante sua apresentação.
A cantora deixou a capital sergipana, por volta das 12h40, num voo direto para Guarulhos, em São Paulo. Procurada pela reportagem do G1 SP na saída do aeroporto, Rita disse que não poderia comentar sobre o assunto. "Eu não posso falar, gente. Vocês não entendem isso?" Ela apenas confirmou que tal postura foi orientada por sua advogada.
Por: Joelma Gonçalves e Fredson Navarro Do G1 SE

Nenhum comentário:

Postar um comentário