25 de nov de 2011

Aracaju e Estância ganham novos hospitais


Ontem (25) o governador Marcelo Déda e o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, entregaram melhorias voltadas à Saúde dos sergipanos. No início da tarde e as primeiras horas da noite, a Casa da Gestante e o Centro de Parto Normal do Hospital e Maternidade Santa Isabel, a Unidade Pediátrica José Machado de Souza - que funcionará em anexo ao Hospital de Urgências de Sergipe (Huse) -, e o Hospital Regional ´Dr. Jessé de Andrade Fontes´, em Estância, foram entregues à população.
As solenidades tiveram início às 14h30, no Hospital e Maternidade Santa Isabel. Na unidade, foi construída a Casa da Gestante e o Centro de Parto Normal do Hospital, que têm o objetivo de humanizar a atenção ao parto e nascimento, ao proporcionar maior atenção à mulher e à criança, desde sua chegada até a alta da maternidade, sempre que necessário.
Já às 16h foi naugurada no Huse a Unidade Pediátrica ´José Machado de Souza´. A nova unidade vai ampliar em cerca de 30% os atendimentos pediátricos no estado, que atualmente giram em torno de 150 por dia. Outro grande benefício proporcionado pela nova unidade está no conforto oferecido à profissionais de saúde, pacientes e acompanhantes, com sua área aproximada de 1.300 m².
Hospital de Estância - O governador e o ministro cheguem ao município de Estância por volta das 18:00h para entregar uma melhoria que beneficiará toda a população da região Sul de Sergipe: o Hospital Regional ´Dr. Jessé de Andrade Fontes´.
Viabilizada por meio de um investimento total de R$ 15.936.019,55, a unidade sintetiza o que há de mais moderno e eficiente em tecnologia hospitalar para atendimentos de média e alta complexidade e passa a integrar a Rede de Hospitais de Urgência no Estado, oferecendo um serviço hospitalar com atendimento e estrutura de qualidade e com equipamentos de alta tecnologia.
O Hospital Dr. Jessé de Andrade Fontes terá capacidade para atender uma média de 5.500 pessoas por mês, após cumprir um cronograma que prevê três etapas: inicialmente será aberto o pronto-socorro, em janeiro de 2012, a ala de internamento, e em seguida o bloco cirúrgico, que engloba o Centro Cirúrgico, a Enfermaria Cirúrgica e o Centro Obstétrico, além da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).
Ao todo, o Hospital contará com 107 leitos de internamento, dos quais 20 para pacientes infantis e 48 para adultos. O bloco cirúrgico terá três salas cirúrgicas, uma de parto, outra de pré-parto com dois leitos e uma Sala de Recuperação Pós-Anestésico (SRPA) com quatro leitos. O padrão logístico também caracteriza a nova unidade de saúde, que primará pela humanização dos serviços prestados à população.
Do total investido, R$ 11.655.094,45 foram empregados na parte física da obra e outros R$ 4.280.925,10 utilizados para a aquisição de equipamentos e mobiliários técnicos. 
Participaram da Solenidade: O governador Marcelo Deda, o Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, o vice-governador Jackson Barreto, os deputados federais Rogerio Carvalho, Laercio Oliveira, deputados estaduais, prefeitos municipais, secretários de estados, lideranças politicas, empresários entre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário