31 de jul de 2011

Projeto proíbe uso de sacolas plásticas


Existem hoje vários projetos de lei, em âmbito municipal ou estadual, que visam proibir ou substituir as sacolas plásticas convencionais - um dos principais exemplos são aquelas utilizadas em supermercados. A motivação para tais iniciativas tem caráter ambiental, pois esse tipo de sacola pode demorar mais de 100 anos para se decompor. Seguindo essa tendência legislativa, o senador Eduardo Braga (PMDB-AM) apresentou em junho o PLS 322/11, projeto que impede - em todo o país - a utilização, a fabricação, a importação, a comercialização e a distribuição de sacolas plásticas feitas a partir de polietileno, propileno ou polipropileno.

O senador cita estimativa de que o Brasil produz, a cada ano, em torno de 17 bilhões de sacolas plásticas. Estas, por sua vez, teriam origem nas cerca de 210 mil toneladas de plástico filme produzidas anualmente no país.

Ao citar diversos exemplos de propostas locais ou regionais similares à sua, ele destaca o caso da cidade de São Paulo, que aprovou neste ano uma lei que proíbe a distribuição gratuita ou a venda de sacolas plásticas para consumidores. A eficácia dessa lei, no entanto, foi suspensa por uma liminar concedida no início de julho, em resposta a ação do Sindicato da Indústria de Material Plástico do Estado de São Paulo.

Fiscalização e prazos

De acordo com o projeto de Eduardo Braga, a fiscalização quanto ao cumprimento da lei seria feita pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). O Ibama também teria de promover campanhas para conscientizar a população.

O texto determina que os prazos para a retirada gradual das sacolas plásticas do mercado - e sua substituição por sacolas oxibiodegradáveis ou de "outras matérias primas que não ofereçam perigo ao meio ambiente e sejam de fácil degradação" - serão fixados pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). A substituição, porém, não poderá levar mais de três anos.

A previsão é que esse projeto tramite em duas comissões do Senado: primeiro, na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e, em seguida, na Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA). Se for aprovado no Senado, o texto será então enviado à Câmara. Fonte: Agência Senado

30 de jul de 2011

Laercio Oliveira: Seu Lema é Geração de Empregos e estímulo à produção

Laércio Oliveira (PR/SE) chegou ao cargo de deputado federal com uma plataforma de campanha baseada na geração de empregos, no estímulo à produção, sobretudo das micro e pequenas empresas, sem o que o país jamais poderá avançar na direção e na velocidade que seu povo merece.
Está firmemente determinado a honrar esse compromisso expresso no período eleitoral. É empresário do setor de Serviços e vice-presidente da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo).
Trata-se de uma entidade sindical que representa os direitos e interesses dos quase cinco milhões de empreendedores do comércio de bens, de serviços e de turismo de todo o Brasil. Junto com eles, é responsável pelo SESC e pelo SENAC, um sistema que valoriza os trabalhadores do comércio e suas famílias, gerando desenvolvimento social para mais de 20 milhões de brasileiros por ano, com benefícios em educação, alimentação, saúde, cultura, esporte e lazer.
Por sua atuação empresarial no ramo de serviços, passou a conviver estreitamente com as pessoas simples deste país. Pessoas para as quais o emprego formal é muito mais do que um instrumento para colocar o pão na mesa - é, além disso, um atestado de dignidade, um caminho para a auto-estima.
É uma aérea que absorve aqueles que não conseguiram concluir o ensino médio, não lograram êxito em concursos públicos e seguramente não tiveram acesso aos princípios e conhecimentos de quem alcança um elevado nível de escolaridade.
Desse modo, pode-se afirmar que são pessoas que teriam escassas chances de conquistar uma carteira assinada, se não fossem as atividades desenvolvidas pelas empresas do setor de Serviços, com predominância da atividade de serviços terceirizados em Asseio e Conservação.
Como líder classista, verificou ser possível a implantação dessa prática. Agora, como parlamentar na Câmara dos Deputados, ele procura estender esses princípios aos demais trabalhadores do país.
“Como testemunha das ações de Sindicatos do meu segmento por todo o Brasil, pude verificar o salto de qualidade proporcionado a nossa mão-de-obra por intermédio de vários cursos de qualificação, muitos dos quais ministrados em escolas próprias do setor, já em operação em vários estados”, afirma Laércio.
“Capacitação é, pois, um imperativo na construção do país que desejamos, assim como o estímulo aos demais setores produtivos, em seus mais variados campos de atuação”, diz.
Segundo o parlamentar, cada empresa que contar com ambiente favorável para crescer tem, de imediato, a perspectiva de abrir novos postos de trabalho, contribuir com impostos que, por sua vez, serão utilizados em benefício da população, no atendimento às suas necessidades nas áreas de saúde e educação, por exemplo.
O deputado lembra que isso, em tese, é o que deveria acontecer, porém a prática nem sempre corresponde a este anseio. “Lamentavelmente, numa comprovação de falta de planejamento e revelação de um péssimo método para a escolha de prioridades, o Governo ainda impõe aos setores produtivos uma carga tributária injustificável”, observa.
Essa sanha arrecadatória, diz Laércio, vem servindo muito mais a suprir a enxurrada de gastos públicos do que a garantir uma prestação de serviços de qualidade à população.
Por isso, há um nítido desapontamento de todos que integram o Setor de Serviço - o que mais gera empregos no país - com o tratamento que vem sendo dispensado a ele pelo Governo Federal.
“Muita coisa aconteceu nos últimos anos e o setor sequer foi ouvido. É necessário que os seus representantes participem das audiências públicas para discutir a nova Lei de Licitações, as questões relacionadas à alteração na cobrança do FGTS e das multas rescisórias, bem como sobre as normas tributárias concernentes”, observa.
Como líder classista, como empresário, como brasileiro – e agora como parlamentar -, defenderá diuturnamente uma reforma tributária que seja capaz de acabar com o descomedimento, objetivando a concepção de um texto legal onde prepondere o bom senso.
De acordo com Laércio, a desorganização da estrutura constitucional que rege as relações tributárias é, seguramente, um dos maiores obstáculos para o crescimento socioeconômico do Brasil e, conseqüentemente, para a geração de emprego e renda.
“Falando especificamente de meu Estado de Sergipe, os problemas sociais são avassaladores. A iniciativa privada, ainda tímida, é insuficiente para absorver a grande quantidade de jovens que saem das universidades ávidos por uma oportunidade no mercado de trabalho”, analisa. São dois os resultados desse quadro: primeiro, há enorme dependência dos poderes públicos, em todas suas esferas, como empregador; segundo, o mercado consumidor também custa a deslanchar, o que dificulta ainda mais a vida do setor terciário.
Laércio diz que gente honesta de Sergipe só precisa de oportunidades para exercer seu potencial. E cabe ao Governo proporcionar as condições para que isso se processe.
“O assistencialismo empobrece o cidadão em seu potencial de luta. É lícito que se dê o peixe a quem tem fome, pois a fome tem pressa”, diz, acrescentando que um país só cresce proporcionando o legítimo exercício da cidadania, que não prescinde da inclusão no mercado desta grande massa de pessoas em idade produtiva e cheias de vontade de dar sua contribuição ao Brasil.

Deputado Federal de Sergipe Laercio Oliveira (PR)

"Homem grávido" recupera a boa forma depois da terceira gestação




O havaiano Thomas Beatie (foto), o primeiro transexual do mundo a dar à luz, mostrou que já recuperou a boa forma 12 meses depois do terceiro parto. Fotografado brincando na piscina com o caçula, Thomas exibiu uma barriga tanquinho. Mas assim como muitas mães, não conseguiu ficar livre das estrias. O corpo enxuto é fruto do tratamento com testosterona. O homem, que atualmente mora no Arizona, Estados Unidos, com sua esposa, Nancy, ganhou fama internacional há três anos, quando se tornou o primeiro transexual a ter um bebê. Agora, ele e a sua esposa têm a família que sempre sonharam: são pais de três crianças (foto), Susan, Austin e Jansen. As informações são do jornal britânico Daily Mail.
Thomas, que nasceu Tracy, em 1974, afirmou que sempre sentiu que queria ser homem. Então, quando tinha cerca de 20 anos, começou a tomar injeções de testosterona. O resultado: pêlos no rosto, voz mais grave e alteração nos órgãos sexuais. Em 2002 ele fez mastectomia (cirurgia para retirada dos seios) e se tornou legalmente homem. O havaiano, porém, optou por continuar com a vagina, o útero e os outros órgãos sexuais femininos, o que possibilitou as suas três gestações. Nancy não podia engravidar pois havia passado por um histerectomia (retirada do útero). Mas ela também contribuiu para o desenvolvimento dos bebês: amamentou os três.
Para que pudesse engravidar, o homem parou de tomar testosterona oito anos antes da primeira gravidez. O casal comprou esperma de um doador anônimo e Thomas foi submetido à inseminação artificial. Depois de uma gravidez ectópica (nas trompas), que levou a um aborto de emergência, ele finalmente ficou grávido de Susan, em 2007.
Os médicos acreditam que Thomas tenha apenas oito ciclos menstruais por ano, ao invés de doze, e apenas metade desses ciclos são úteis, já que ele teve uma trompa de falópio removida depois da gravidez ectópica. “Eu era capaz de engravidar apenas quatro dias por ano. Tivemos nossos bebês em um curto espaço de tempo porque não podíamos esperar muito”, afirmou ele. Ele ainda têm alguns espermatozoides guardados e, embora Thomas já exiba uma barriga tanquinho, o casal disse que pretende engravidar novamente ano que vem.
Fonte: G1globo.com

28 de jul de 2011

Hoje, 28 Dia Mundial da Luta Contra as Hepatites Virais

Brasileiros ganham novo tratamento da hepatite C

A Hepatite C é uma Doença que atinge 1,5 milhão de pessoas, e mais de 90% desconhece ser portador do vírus. Este é um alerta válido para um dia especial como o de hoje (28), quando se comemora o Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais. Dos três tipos de hepatites existentes, a ‘C’ é a mais silenciosa e perigosa, não tem sintomas e pode evoluir para uma cirrose ou câncer de fígado. Mas, como tantas pessoas foram infectadas?
Antes de 1990, só eram conhecidos os vírus de dois tipos de hepatite, A e B, por isso, a versão mais grave, ainda desconhecida, não era tratada da forma correta. “São consideradas como parte do grupo de risco, aquelas pessoas que antes de 1990 fizeram uso de drogas injetáveis, utilizaram seringas não descartáveis (antes eram de vidro) e receberam transfusão de sangue”, explica a professora e doutora do departamento de gastrenterologia da Faculdade de Medicina da USP, Claudia Oliveira.
Segundo estudos, até 1974, 75% dos casos de hepatite contraídas por transfusão de sangue eram não A e não B, ou seja, provavelmente já era C, tipo que só foi detectado em 1989 e divulgado em 1990. “Isso aconteceu primeiro fora do Brasil. Quando chegaram a um tratamento convencional, chamado Interferon”, conta Claudia.
O tratamento padrão da hepatite C foi introduzido em 1998, composto pelos medicamentos Interferon e Ribavirina, mas não foi eficaz para todos os pacientes. “Como é um tipo que não tem sintomas, a pessoa descobre que ainda tem este vírus somente com teste sorológico específico. Quanto mais cedo houver o diagnóstico, mas fácil é a cura”, enfatiza.
Fonte: Arca Universal
Segundo Claudia, para se prevenir e não contrair a hepatite C, deve-se tomar cuidado com objetos cortantes. “Aparelho de barbear, alicate de cutícula, entre outros, que podem ter contato com o sangue, devem ser de uso pessoal”, esclarece a médica.
Novo medicamento
Em julho, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a comercialização do Boceprevir (conhecido internacionalmente como Victrelis): primeiro inibidor que aumenta em até três vezes as chances de cura no tratamento da hepatite C.
O Boceprevir, que em breve estará disponível no mercado brasileiro, deve ser administrado em combinação com outros dois medicamentos. “Com este novo medicamento, a chance de cura chega a 80%, dependendo do genótipo”, finaliza Claudia Oliveira.

Fonte: Tany Souza da Arca Universal

27 de jul de 2011

PREFEITO VALMIR, DEP. JOÃO DANIEL E VER. FLAMARION PARTICIPAM DE REUNIÃO COM O GOVERNO DO ESTADO

O prefeito Valmir Monteiro, acompanhado pelo deputado estadual João Daniel e pelo vereador Flamarion Déda, estiveram presentes no último dia 20 de julho, na SEDURB - Secretaria de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano. O objetivo foi discutir a ampliação da rede de esgoto para o residencial Campo da Vila, com o diretor de Habitação, Joelson Hora.

Depois de discutirem a problemática que passa o residencial, no que se trata da falta de saneamento, foi elaborada uma proposta a ser enviada para ADEMA para obterem a licença ambiental. O diretor Joelson Hora explicou da importância do licenciamento para a ampliação da rede de esgoto do bairro Ademar de Carvalho, onde se localiza o residencial, e para a liberação de outros benefícios relacionados à infra-estrutura do residencial.

O licenciamento ambiental é uma obrigação legal prévia à instalação de qualquer empreendimento ou atividade potencialmente poluidora ou degradadora do meio ambiente e possui como uma de suas mais expressivas características a participação social na tomada de decisão, por meio da realização de Audiências Públicas como parte do processo.

Da Assessoria do Vereador

26 de jul de 2011

Imunização é a Melhor Prevenção Contra o Vírus Sindical Respiratório



Principal agente de infecções respiratórias entre recém-nascidos e prematuros, ele é responsável por mais internações do que as causadas pelo vírus da dengue, da gripe e do H1N1.




Quase desconhecido pela maioria das pessoas, o Vírus Sincicial Respiratório (VSR), que circula em todas as regiões do Brasil entre os meses de março a setembro, é a maior causa de internação de recém-nascidos e menores de um ano de idade, em especial os prematuros, com doenças cardíacas e/ou respiratórias. Até completarem um ano, quase dois terços das crianças serão infectadas por ele, um percentual que sobe para 99% até os dois anos.
Responsável por 90% das hospitalizações por bronquiolite – uma doença que mata 160 mil bebês por ano em todo o mundo, em especial bebês com menos de 18 meses – o VSR é assintomático, silencioso e facilmente transmissível pelo ar (através de tosse, espirro e fala, ou contato físico). Ele pode provocar desde coriza, febre baixa, chiado no peito e falta de ar, a infecções mais graves das vias respiratórias que levam a internações e complicações. No País, um estudo específico (Straliotto SM et al. Mem Inst. Oswaldo Cruz 2004) mostrou que o VSR foi responsável por 70% dos casos de pneumonia e bronquiolite que levaram pacientes à UTI. O VSR também pode ter efeitos a longo prazo nas crianças infectadas. Está comprovado que ele pode aumentar em quatro vezes as chances de aparecimento de asma na adolescência.
Estudos mostram que o VSR é mais grave no caso de bebês prematuros, que não possuem o sistema respiratório e o sistema imunológicos completamente desenvolvidos e maduros ao nascerem. As probabilidades de infecção e mesmo de surtos em maternidades neonatais aumentam diante do crescimento do número de bebês prematuros no País (cerca de 30 mil crianças/ano nascem com peso abaixo de 1,5 kg) e do aumento da sobrevida pela evolução dos métodos de tratamento e tecnologia (95% contra 60% na década de 90). As estatísticas mostram que cerca de 15% dos prematuros são hospitalizados em decorrência de infecções causadas pelo VSR. (p.ex-estudos Dr. Otávio Cintra, Rib. Preto).
O risco de complicações e a taxa de hospitalização por infecções causadas pelo VSR também é 10 vezes maior entre os prematuros do que naqueles nascidos de gestações completas. E as doenças respiratórias se tornam as principais causas de hospitalização e morte em recém-nascidos prematuros, com ou sem doença pulmonar crônica. Neonatologistas como o Dr. Renato Kfouri, presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações, destacam que o VSR, associado a um quadro de displasia broncopulmonar, presente em 14 a 43% dos extremos prematuros, pode contribuir para complicações pulmonares tardias.
Em todo o mundo, os prematuros nascidos com menos 35 semanas, os bebês com displasia bronca pulmonar e com outras doenças pulmonares crônicas compõem a população mais suscetível a infecções agudas do trato respiratório. A OMS-Organização Mundial da Saúde estima que cerca de 1/3 das 12 milhões de mortes anuais de crianças abaixo de 5 anos de idade está relacionada a essas causas.




Prevenção é a melhor arma para combater o VSR







A grande arma estratégica para conter as infecções por VSR é a prevenção. Internacionalmente, é recomendada a imunização passiva com a utilização do palivizumabe (Synagis®), anticorpo monoclonal humanizado que interrompe o processo de reprodução do VSR. Aprovado pelo FDA, o produto recebeu a chancela da ANVISA em 1999.
Recomendado para bebês prematuros (menos de 35 semanas), o palivizumabe, deve ser aplicado via intramuscular, em cinco doses mensais e consecutivas, que podem ser iniciadas logo após o nascimento dos bebês de risco
No Brasil, a Sociedade Brasileira de Pediatria e a Sociedade Brasileira de Imunizações recomendam a aplicação de palivizumabe antes da estação do VSR para que as crianças de risco atinjam níveis suficientes de concentração de anticorpos no sangue. Uma medida essencial, já que praticamente 100% das crianças prematuras ou não vão adquirir infecção pelo VSR nos primeiros anos de vida. Em bebês que completaram o prazo normal de gestão, não há grandes consequências.
A eficácia e a segurança do palivizumabe estão comprovadas por vários estudos. O maior deles (Impact RSV Study, feito entre 1996 e 1997 em 139 centros dos EUA, Canadá e Grã Bretanha), incluiu 1502 crianças de alto risco. O anticorpo promoveu a redução de 55% das taxas de hospitalização relacionadas ao Vírus Sincicial Respiratório; diminuição de 47% do número de dias de hospitalização entre lactentes com idade gestacional menor que 32 semanas (80% entre 32 e 35 semanas) e diminuição da necessidade aumentada de oxigênio.
Outra análise (IRIS) mostrou que a taxa de hospitalização por VSR em bebês que não receberam palivizumabe foi de 13,25%, contra apenas 3,95% nos que receberam a profilaxia (uma diminuição de 70% na taxa de internação nos bebês que receberam a profilaxia). Essa diferença ocorreu apesar do grupo palivizumabe apresentar menor idade gestacional, intercorrências na UTI neonatal mais graves e maior incidência de doença pulmonar crônica.
Análise apresentada no encontro da Pediátrica Academy Societies de maio de 2009 (Cecchia et al) comprova a queda da taxa de mortalidade com a utilização do palivizumabe. Tal análise incluiu trabalhos publicados entre 1990 e 2007 (12.622 bebês provenientes de dez estudos diferentes) e mostrou que a taxa de mortalidade entre pacientes com profilaxia foi de 0,19%, enquanto nos sem profilaxia com palivizumabe foi de 0,53%. Matéria enviada em nosso e-mail para publicação.




CR Comunicação: Eliana Martinelli e Claudia Rubintein Girard
WWW.crcomunicação.com.br

24 de jul de 2011

LIFE reúne funcionários em Novo Treinamento

A Direção da Life Engenharia Clínica realizou seu treinamento mensal com os funcionários nos dias 22 e 23 de julho, no Mega Espaço de Eventos, localizado na Rua Castro Alves,179 Ponto Novo/Aju. Participaram todos os funcionários da empresa, cujo tema desta vez foi: Sistema de Anestesia, ministrado pelo Engº Thiago Tenório, que falou acerca de todo processo anestésico usado em pacientes, desde os primeiros passos aos dias atuais.
O Curso tem dirimido várias duvidas e orientado a todos os funcionários da LIFE que com esse aperfeiçoamento que a empresa esta passando, tem usado nas unidades de saúde que trabalham com mais eficiência e desempenho nas funções do dia a dia.
A próxima capacitação esta marcada para o próximo final de semana, dias 29 e 30 de julho e terá como tema: Sistema de Monitoramento e será ministrado pelo Engº Georges Ferraz.
A Life Engenharia Clínica prima pela eficiência dos seus funcionários frente às unidades de Saúde que presta atendimento, não só na Rede Privada mais também da Rede Pública de Saúde, pois com a Saúde não se brinca e tudo que é adquirido em conhecimento técnico ainda é pouco, quando esta em risco a vida, pois é com esse pensamento voltado para as pessoas que a Life visa melhor atender os anseios da população em geral.


LIFE ENGENHARIA CLÍNICA
Rua Dr. Cezar Leite, 435
Tel.: (79) 3214-1460 -
Bairro Salgado Filho

22 de jul de 2011

Decreto autoriza antecipação de metade do 13º para agosto

DA AGÊNCIA BRASIL - O Diário Oficial da União publica hoje decreto que autoriza a antecipação de metade do décimo terceiro salário em agosto. Nos últimos anos esse pagamento ocorreu rotineiramente neste mês, mediante acordo acertado com as centrais sindicais, que expirou ano passado e foi renovado em junho deste ano.
Agora existe uma proposta, ainda em estudo pelo governo, de tornar essa antecipação obrigatória a partir de 2013, provavelmente pagando os beneficiados no mês de junho.
Neste ano, o crédito para cerca de 24,6 milhões de beneficiários do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) será depositado entre os cinco últimos dias úteis de agosto e os cinco primeiros dias úteis de setembro.
Dessa forma, pensionistas com o número do benefício encerrado em 1 (excluindo o dígito) devem receber no dia 25 de agosto, enquanto aqueles com dígito final "zero" serão os últimos, com pagamento previsto para 8 de setembro.
Ano passado, 23,6 milhões de beneficiados receberam a primeira parcela antecipada do décimo terceiro, o que representou uma injeção de recursos de R$ 9 bilhões na economia dos municípios, de acordo com dados do Ministério da Previdência.
É a sexta vez que a Previdência paga antecipadamente uma parcela dessa gratificação. A primeira foi em 2006, resultado de acordo firmado entre governo e entidades representativas de aposentados e pensionistas.
Os segurados do INSS podem acompanhar o calendário de pagamentos de 2011 pelo site da Previdência Social. Cartazes com o cronograma também foram distribuídos à rede bancária e às agências de Previdência Social.
Dúvidas sobre as datas do pagamento também podem ser esclarecidas por meio da central 135. A ligação é gratuita a partir de telefones fixos ou públicos e tem custo de chamada local, quando feita de celular.

Patricia Abravanel deve deixar o "Programa Silvio Santos"

Patrícia Abravanel, nasceu em São Paulo, 04 de Outubro de 1977 é filha do apresentador e empresário brasileiro Senor Abravanel (Silvio Santos) dono do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT).
Em 2001, um sequestro fez da paulistana Patrícia um rosto conhecido de todo o Brasil. Levada da garagem de casa por marginais disfarçados de carteiros, só foi libertada sete dias mais tarde, após o pagamento de um resgate estimado em 500 mil reais, valor nunca confirmado pela família.
Meses depois de ter sido libertada, passou cerca de seis meses trabalhando como estagiária da Rádio Bandeirantes, auxiliando a produção de programas como Ciranda da Cidade.
Em 2004, casou-se com o empresário e Cineasta Phillipe Carrasco.
Hoje, formada em Administração de Empresas com ênfase em economia e comunicação na UNOESTE - Universidade do Oeste Paulista, Patrícia se prepara para assumir os negócios do pai junto com suas irmãs.
Desde o inicio deste ano, ela participa de Vários Merchandising do Programa Silvio Santos, ao lado de Luís Ricardo e Patrícia Salvador, e do quadro "Jogo dos Pontinhos".
Desde de maio de 2011 ela começou a apresentar o Festival SBT 30 Anos. Atualmente trabalha junto ao seu pai no programa Sílvio Santos, fazendo propagandas da linha de cosmésticos chamada Jequiti e do Baú da felicidade, e, ainda de um quadro do programa junto a Hellen Ganzarolli,Lídia,entre outros.

Silvio Santos quer que Patrícia Abravanel substitua Roberto Justus

no “Topa ou não Topa?”

No SBT já se sabe que Patrícia Abravanel deve deixar a equipe do “Jogo dos Pontinhos”, quadro do “Programa Silvio Santos”, em breve. O que ninguém sabia é que ela deve deixar a bancada para substituir Roberto Justus. A filha do Patrão é a mais cotada para apresentar o game show “Topa ou Não Topa?”. Ela gravou testes na tarde desta quinta-feira (21). Quem viu, falou que ela foi bem.
Outros que também devem gravar pilotos para a atração foram André Vasco, apresentador do “Qual É o Seu Talento?”, e Sebastian, famoso como garoto-propaganda de uma loja de departamentos. Como o contrato de Justus com o SBT vai até o fim de julho, a última edição do game gravada por ele deve ir ao ar no dia 25.
Nos bastidores comenta-se, que se Patrícia não emplacar no “Topa”, ela deverá herdar o antigo “Programa Livre”.

Postado por Raimundinho em 22 de julho de 2011 às 10: 00

20 de jul de 2011

Núcleo Tecno-Ambiental de Lagarto realiza atitude inédita no Estado

Plantio de duas mil mudas com o objetivo de reduzir o impacto ambiental causado por poluentes


Em todo o mundo, existem várias ações e políticas com interesse de proteger a natureza ou o que resta no ambiente natural, mas todas elas não contemplam a necessidade urgente de reverter o quadro degradante em que o mesmo se encontra. Tudo o que fizermos ainda será o mínimo do que o mundo precisa.
E visando esse desafio de reparar urgentemente o meio ambiente, o Núcleo Tecno-Ambiental de Desenvolvimento de Tecnologia Industrial Railton Faz está lançando mais um projeto na área: o ‘PLANTAR E NÃO DEGRADAR’, que tem o intuito de mobilizar o poder público municipal, a comunidade e as escolas situadas nos Povoados Itaperinha e Santo Antônio e sensibilizá-los para que cada um compreenda o seu papel no meio ambiente, e, dessa forma, possam desenvolver suas potencialidades, adotando posturas pessoais e comportamentos sócio-construtivos, contribuindo para uma sociedade sustentável.
Para tal ação, o Núcleo irá dispor de 3000 mudas de espécies diversas para que sejam plantadas no entorno da Usina de Processamento de Resíduos Sólidos para Geração de Energia Limpa, cuja localização é povoado Itaperinha, a 3km da sede do município de Lagarto. Importantes parceiros, como o Tiro de Guerra, a Prefeitura de Lagarto, através das suas secretarias de Educação, Obras e Meio Ambiente, e empresas privadas auxiliarão no desenvolvimento do PLANTAR E NÃO DEGRADAR.
“Fazer a nossa parte nem sempre é o mais importante. É importante também suscitar novas perspectivas e novas responsabilidades nas pessoas ao nosso redor, porque o mundo não é uma preocupação de apenas um grupo de ambientalistas, mas de todos, afinal, quem não é afetado por ele? Qualquer acontecimento, somos nós os primeiros que sentimos o impacto do meio ambiente”, afirmou o principal idealizador do projeto, Railton Lima.
Postado por Raimundinho em 20 de julho de 2011

19 de jul de 2011

Droga de efeito devastador alarma médicos nos EUA


São Paulo - Com o singelo rótulo de "sais de banho", uma droga devastadora, que entrou nos Estados Unidos há cerca de um ano, agora alarma médicos por causa de seus efeitos psicóticos e paranóicos. Trata-se de uma mistura de substâncias jamais testada em humanos, cuja fórmula foi banida em 28 dos 51 Estados americanos, mas ainda não tem veto do governo federal.

Em 2010, a Associação Americana de Centros de Controle de Envenenamento (AAPCC, na sigla em inglês) registrou 303 pessoas atendidas em hospitais por contaminação pela droga. Esse total subiu para 3.470 no primeiro semestre deste ano. "Se você misturar todos os piores efeitos da cocaína, do LSD, do PCP e do êxtase terá um resultado comparável ao dos sais de banho", descreveu Mark Ryan, PhD em Farmácia e diretor do Centro de Envenenamento de Louisiana.
Em geral, a droga é fabricada com base em duas substâncias: a metilenodioxipirovalerona (MDPV) e a mefedrona. A primeira é uma substituta química da catinona, composto estimulante do khat, uma planta do norte da África cuja venda é ilegal nos EUA, mas usada em vários países como base de defensivos agrícolas ou repelente de insetos.
Apesar das proibições nos 28 Estados, o acesso à droga é fácil no país. Pode ser encontrada na internet, em lojas de conveniência e até entre os verdadeiros sais de banho, com sugestivos nomes: Pomba Vermelha, Seda Azul, Zoom, Nuvem Nove, Neve Oceânica, Onda Lunar, Céu de Baunilha e Furacão Charlie.
Usuários têm sido levados aos prontos-socorros por comportamento violento, pressão sanguínea elevada, alucinações e crises paranoicas. Geralmente, são internados no setor psiquiátrico.
Brasil - Por aqui, a mefedrona é conhecida como miau-miau e, segundo Reinaldo Correa, delegado da divisão de Prevenção e Educação do Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc), é utilizada em clubes noturnos. "Só não podemos apreender, porque a droga não consta como substância proibida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)", afirma.
Segundo Correa, o defensivo agrícola recomendado para o uso em jardinagem doméstica costuma ser consumido em cápsulas ou injetado na veia. O efeito é parecido com o do ecstasy. Dentre os efeitos colaterais estão palpitações, náusea, insônia e sangramento que pode levar à morte.

Fonte: jornal O Estado de S. Paulo.

18 de jul de 2011

INSS vai corrigir mais de 130 mil aposentadorias e pensões



Em cumprimento a uma decisão proferida pelo STF - Supremo Tribunal Federal, o Ministério da Previdência Social vai revisar os benefícios de 131.161 segurados, como aposentados e pensionistas.
Ocorre que no mês de setembro do ano passado, o STF determinou que o governo revisasse os benefícios concedidos no período de 5 de abril de 1991 a 1º de janeiro de 2004, que foram limitados ao teto previdenciário da época em que o trabalhador pediu sua aposentadoria.
Nesse período, quem tinha direito a receber mais do que o teto (valor máximo pago pelo INSS) teve o benefício reduzido para se enquadrar no limite legal.
Porém, essa diferença acabou não sendo incorporada posteriormente. A decisão judicial de incorporar a diferença foi publicada no início deste ano.
A partir da folha de pagamento de agosto, quitada no início de setembro, 117.135 pessoas já começarão a receber as diferenças mensalmente.
Segundo o ministro Garibaldi Alves, o segurado não precisa procurar a Previdência para solicitar a revisão, que será automática: “O aposentado receberá essa revisão sem precisar tomar nenhuma iniciativa”, garantiu.
O impacto da revisão para os cofres da Previdência Social será de R$ 28 milhões por mês.
Já quanto ao pagamento dos valores retroativos, que somam R$ 1,69 bilhão, a Previdência ainda não sabe como irá proceder. Técnicos da pasta vão se reunir com o Ministério da Fazenda e com a Advocacia-Geral da União (AGU), visando definir como será feito o pagamento do passivo acumulado ao longo de todos esses anos. Uma das ideias é parcelar os atrasados, que tem valor médio de R$ 11.500,00 por segurado. “Dependemos agora de uma decisão da equipe econômica”, disse o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Mauro Luciano Hauschild.
Fonte: Agência Brasil

16 de jul de 2011

Fábrica de moedas falsificadas é descoberta no interior de SP

Cerca de 30 mil moedas de R$ 1 eram produzidas por dia. As Moedas eram distribuídas na capital paulista. Uma pessoa foi presa.


Uma fábrica de moedas de R$ 1 falsificadas foi descoberta pela Polícia Civil na sexta-feira (15), em Capão Bonito, a 226 km da capital paulista. Uma pessoa foi presa com um lote de moedas já prontas para serem colocadas em circulação.
Em uma caixa foram encontrados milhares de anéis de metal. Em poucos dias, tudo se transformaria em moedas de um real. A polícia também apreendeu três prensas, uma delas usada para fazer o timbre da moeda, além de R$ 2,2 mil em notas verdadeiras, uma balança, documentos, um computador e moedas falsificadas já prontas para comercialização.
Rafael Rafagnin, de 26 anos, foi preso em flagrante. De acordo com os investigadores da Polícia Civil, ele e mais dois criminosos de São Paulo seriam os responsáveis pela falsificação.
A fábrica clandestina funcionava em um barracão que fica numa chácara em Capão Bonito. Por dia, eram produzidas 30 mil moedas falsificadas de R$ 1. Segundo a polícia, os envolvidos fazem parte de facções criminosas que atuam dentro e fora dos presídios brasileiros.
A polícia informou ainda que as moedas eram distribuídas em São Paulo. Rafael irá responder por crime contra a união e pode pegar de dois a doze anos de prisão. O caso vai ser encaminhado para a Polícia Federal.
Fonte: Do G1 SP, com informações da TV Tem

12 de jul de 2011

Americana dá à luz a bebê com mais de 7 kg

Um bebê chamou atenção dos médicos da unidade neonatal da maternidade Good Shepherd, em Longview, no Texas, logo ao nascer. O motivo foi o seu tamanho. JaMichael Brown nasceu na sexta-feira (8) com 7,3 kg, mas sua foto foi somente divulgada nesta segunda-feira (11).
O bebezão é o quarto filho de Janet Johnson, e o primeiro menino, que lhe rendeu uma sofrida cesariana. Segundo os médicos, seu filho foi uma das maiores crianças que já apareceram pelo hospital.Janet disse que já sabia que o filho era maior do que o normal, mas não imaginava tanta diferença. Por isso, terá de devolver parte das roupinhas que havia comprado para JaMichael. Fonte r7.com, postado por Raimundinho em 12/07 às 16:30

Laércio vota a favor de projeto de férias fracionadas

O deputado federal Laércio Oliveira (PR) foi o relator na Comissão do Trabalho, Administração e Serviço Público do projeto 7.386/06 que trata do fracionamento das férias em até três períodos de 10 dias. Seu parecer foi favorável. O projeto foi aprovado na comissão e agora será votado pela Comissão de Constituição Justiça e Cidadania.
"Convém relembrar também que o Brasil, através do Decreto 3.197, de 05 de outubro de 1999, promulgou a convenção 132 da organização Internacional do Trabalho - OIT (ratificada em 23 de setembro de 1998), sobre férias anuais remuneradas, permitindo que o fracionamento de férias pudesse ser ajustado em norma coletiva", informou o parlamentar no seu voto.
Laércio Oliveira ressalvou que, acaso implantada a modificação da proposta pelo PL, deve ser observada a necessidade do planejamento da programação anual de férias de cada empresa, dentro da atividade econômica desempenhada, e a repercussão nos procedimentos operacionais que envolvam a rotina e os prazos para a solicitação dessa alteração.

Postado por Raimundinho em 12/07 2011

10 de jul de 2011

Romário temCNH apreendida em blitz da Lei Seca no Rio

O deputado federal e ex-jogador Romário (PSB-RJ) teve a carteira de habilitação apreendida na madrugada deste domingo (10). Ele foi parado pouco depois da meia-noite numa blitz da Lei Seca na avenida Armando Lombardi, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio.
Como se recusou a fazer o teste do bafômetro, o documento do deputado ficou retido, e só será liberado depois de cinco dias.
Romário terá de pagar multa de R$ 957,70 e responderá processo administrativo no Detran. O carro, uma Land Rover, foi liberado porque um dos acompanhantes do ex-jogador estava habilitado para conduzir o veículo.
É lamentável que uma pessoa que esta para nos representar no Congresso Nacional venha a cometer excessos com a bebida ao ponto de chegar às barras da justiça, que belos exemplos estão dando nossos representantes, digo pessoas que fazem as leis, e eles próprios descumprem.
Nada contra ele beber, inclusive se estivesse às quedas, o fato é que poderia ele estar sendo passageiro e não condutor, colocando sua vida e a dos outros em risco.

Postado em 10/07 às 15:00.

8 de jul de 2011

Hospital de Lagarto Comemora 1 Ano de Funcionamento e Servidores são Homenageados

A diretoria-geral da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) prestou na manhã da última quarta-feira, 6, uma merecida homenagem aos servidores que trabalham no Hospital Regional de Lagarto pelo primeiro ano de funcionamento da unidade hospitalar. A homenagem eternizou em uma placa de acrílico, fixada na principal sala de espera do hospital, os nomes dos 279 profissionais "que marcaram o processo de mudança da assistência hospitalar da Região Centro-Sul de Sergipe".
Presentes à solenidade que marcou a homenagem, o secretário de Estado da Saúde, Antônio Carlos Guimarães, e o diretor-geral da FHS, Emanuel Messias, destacaram o importante papel e o envolvimento dos profissionais no aprimoramento da assistência no hospital.
"Tenho o costume de dizer para os amigos que a vida só vale a pena por causa das pessoas. Neste hospital, é visível a motivação dos profissionais para prestar um bom atendimento. A unidade tem uma bela estrutura, que não deixa a desejar em nada. Mas, é justamente o envolvimento e o engajamento dos profissionais que torna o serviço mais humanizado", disse o diretor-geral da FHS, Emanuel Messias.
O secretário de Estado da Saúde, Antônio Carlos Guimarães, fez uma breve retrospectiva de todo processo de retomada do gerenciamento da rede hospitalar em Sergipe e classificou o Hospital Regional de Lagarto como uma referência para toda rede.
"Esse hospital tem um grande significado porque é o exemplo de que a Reforma Sanitária posta em prática no SUS [Sistema Único de Saúde] de Sergipe está no caminho certo. Ao ver a qualidade do atendimento prestado neste hospital, a estrutura física e o grau de envolvimento dos profissionais, podemos afirmar, tranquilamente, que estamos construindo o SUS que tanto sonhamos e que tanto merecemos", discursou.
Na ocasião, o secretário de Estado da Saúde fez um anúncio que deixou animados todos ali presentes. "Vamos aprimorar ainda mais o adensamento tecnológico do Hospital de Lagarto com a implantação de um Tomógrafo no hospital. Além do Huse, esta unidade também passará a contar com este equipamento tão necessário para o diagnóstico de casos de alta complexidade, a exemplo de tumores e hemorragias", disse, arrancando uma salva de palmas dos servidores.
Homenagens
Durante o ato, os servidores do hospital realizaram uma homenagem surpresa à superitendente da unidade, Cristiane Carvalho, e à antiga diretora técnica, Elaine Bittencurt. Ambas foram presenteadas com um ramalhete de flores, que simbolizou o reconhecimento dos profissionais pela liderança desempenhada pelas gestoras.
"A conquista deste hospital é inquestionável para saúde da população do estado. Pela primeira vez, a população do centro-sul de Sergipe passa a contar com um hospital público para casos de média e alta complexidades. Hoje, já somos o segundo maior destino dos pacientes de alta complexidade de Sergipe, ficando atrás apenas do Huse, e sei que podemos avançar ainda mais", disse Cristiane Carvalho, agradecendo a todos os colegas de trabalho pelo comprometimento com a qualidade do serviço ali prestado.
Participaram da solenidade de Um Ano de funcionamento do Hospital Regional de Lagarto: O Secretário de Estado da Saúde, Antônio Carlos Guimarães, o diretor-geral da FHS, Emanuel Messias, a superitendente da unidade, Cristiane Carvalho, membros da diretoria, João, Sonia, Junior, Jardel, funcionários, convidados, onde teve as bênçãos do Padre Raimundo e do Pastor José Raimundo, representante da 1ª Igreja Batista de Lagarto, pastor Oliveira, entre outras pessoas, inclusive, com um numero considerável de pessoas que se encontravam nas dependências para atendimento médico. Transcrito do Portal da Saúde, por Felipe Nabuco e fotos de Bruno César.

7 de jul de 2011

Flamarion está entre os mais atuantes na câmara de vereadores segundo o site Lagartense


Na matéria postada no dia 04 jul, o site lagartense mostra a atuação dos vereadores de Lagarto no último trimestre, o vereador Flamarion aparece entre os mais atuantes, tendo destaque entre os que mais compareceram as sessões, uso da palavra e apresentação de projetos.




Os dados abaixo foram levantados pelo portal lagartense

Vereadores mais presentes

Vereadores mais atuantes

( usou mais a tribuna, participou de debates e pediu a palavra )


Jeová da Academia

Jeová da Academia

Flamarion Déda

Flamarion Déda

Euzébio

Washigton da Mariquita

Jocelmo

Vereadores que mais ocuparam a tribuna

Vereadores que apresentaram projetos e emendas

Jeová da Academia

Jeová da Academia

Euzébio

Flamarion Déda

Flamarion Déda

Carlos da Brasília

Euzébio

Bruno Vieira

Jocelmo