24 de mai de 2010

Saúde, um Setor Preocupante, o que fazer?

É lamentavel a que ponto chegou o setor saúde em nosso País, e olha que temos uma eleição se aproximando, onde todos, digo todos os candidatos, irão usar como trampolim politico, nada mais, nada menos, a promessa de resolver o problema da saúde, são promessas milaborantes que ficam apenas nas palavras proferidas nos palanques. Infelismente é sempre assim, eleição vai, eleição vem, e o povo em geral caem na lábia dos politicos bons de gogos, politicos de oratorias bonitas, de fato, vivemos de falsas promessas, vivemos num mundo onde nos alimentamos de promessas, onde acreditamos de que tudo vai melhorar, um desejo de que poderemos ser beneficiados depois desses politicos de discursos convencedores serem eleitos, dai depois nos vem a decepção de outrora, onde mais uma vez fomos ludribriados e que tudo não passou de um sonho ainda a ser realizado, quem sabe um dia.
Passamos por dificuldades na Saúde, Educação, Segurança, essa nem é bom falar, pois a coisa tem debandado para o caminho sem volta, um verdadeiro caos e que acredito, não ter mais solução para o problema. Mas, voltando ao setor Saúde, que no momento nos interessa, gostaria como todos os milhões e milhões de brasileiros necessiatdos, que os governantes/politicos dessem uma atenção maior, pois os hospitais/postos de saúde e similares estão um verdadeiro caos. As pessoas estão sem atendimento médico, pois os profissionais não estão existindo para atender a grande demanda da sociedade que procura pelo atendimento.
Em Lagarto não tem sido diferente as demais cidades e capitais do País, o hospital da cidade tem um precario atendimento (esperamos que melhore com a chegada do novo hospital, previsto para o próximo mês), vez por outra nos deparamos que a falta de médicos no hospital, onde a população chega e fica sem atendimento, voltam pra casa sem esperança, isso aconteceu com minha filha semana passada, onde a levei doente e voltou sem atendimento por falta do profissional na casa. Quanto perguntamos por que não contratar mais médicos, a resposta estava na ponta da língua. A direção do hospital está a procura de médicos mais nenhum profisional quer sair da capital para vim atender em Lagarto (interior). Fiquei a me perguntar: Por que será? Qual motivo? Não acredito que um médico não queira trabalhar! Já nos postos de Saúde não é diferente, falta também profissionais para suprir a grande procura, enquanto isso a população morre a merce de assistencia. Por outro lado, as publicidades estão espelhadas por aí: Não tome remedios sem o concentimento do medico; procure um médico quanto houver algum problema de saúde, hanseniase tem cura procure um medico, quanto antes, entre tantas outras propagandas.
Agora fica a pergunta: Como procurar um médico se não existe médico? Nem todos tem condições financeiras de buscar atendimento particular e as vezes quanto uma pessoa humilde deixa de pagar os compromisso de casa, tipo mercadinho, feira, agua, luz, entre outros para uma consulta, falta depois o dinheiro para o remédio. Enfim, a situação é de fato um agravante no País. Só Deus pode salvar a população carente, já que os governates só se preocupam com seus interesses pessoais, enquanto que o pobre continua sofrendo nos corredores dos hospitais, quando acham alguma vaga, onde por um milagre saem vivos, já os ricos/politicos esses são tratados nos grande hospitais, hospitais de grande porte, aparelhos de primeiro mundo, modernos, sofisticados, como : Hospital do Coração, Sirio Libanes etc.... Para eles a saúde está em primeiro lugar, enquanto o povo esse até de fato a espera do milagre e das promessas.
Raimundinho

22 de mai de 2010

Associação Acacia Ribeiro recebe convênio da PML

A prefeitura Municipal de Lagarto e a Associação Beneficente Sócio Cultural Maria Acácia Ribeiro firmaram convênio no último dia 3 de maio, no gabinete do prefeito Valmir Monteiro. O objetivo do convênio é a somação de esforços entre o municipio e a entidade, para prestar assistência as pessoas idosas e pobres, através de ações bio-socio-educativas e culturais.
Para a execução do projeto a prefeitura contribuiu com recursos no valor de R$ 13 mil. o cheque nesse valor foi entregue pelo prefeito Valmir Monteiro a presidente da entidade, a ex-vereadora Acacia Ribeiro (foto).
Agora cabe a Associação entre outras obrigações prestar informações e esclarecimentos sobre a aplicação do dinheiro.

2 de mai de 2010

16 Anos sem Airton Senna


A partida inesperada
O Dia 1º de maio de 1994 ficará guardado para sempre na memoria de todo o mundo, pois no Circuito de Imola na Itália o nosso idolo maior da Formula I, Airton Senna da Silva em uma curva que dias antes a sua morte havia sido criticada por ele, com uma curva de alto risco, e que ali poderia levar alguém a morte. De nada valeu suas criticas, ele proprio perdeu a vida, na Curva Tamburelo. Na epoca fizemos esta materia no jornal Folha de Lagarto, ediçaõ nº 79 em 7 de maio de 1994, acompanhado da seguinte poesia de nossa autoria.
DESPEDIDA
Na pista o melhor
No coração o maior
No Brasil o mais querido
No exterior o mais admirado

Sua luta incançada
Sua capacidade mostrada
seu ideal conquistado
Suas vitórias vencidas

Na frente sempre andava
Nos treinos isso mostrava
Seus rivais respeitavam
O brasileiro incançavel

Seus fãns não acreditam
Que seu idolo partiu
Para nós a esperança se foi
As pistas não tem sentido

Sem o Senna por lá
Ele foi o melhor
Isso não podemos duvidar
Igual a ele jamais terá

Airton descançe
Descançe em Paz
Você merece repousar
Merece por que ele foi o melhor.

Raimundinho publicado em 07 maio de 1994 no jornal Folha de Lagarto edição nº 79

1 de mai de 2010

1ª Mostra de Jornais de Lagarto


Aconteceu no ultimo dia 25 de abril a 1ª exposição de jornais de Lagarto, o evento aconteceu nas dependencias do Espaço Cultural Adalberto Fonseca na praça da Piedade e contou as presenças do prefeito Valmir Monteiro, secretarios municipais, Ismar Viana, vanda Monteiro, Aurea Ribeiro, jornalistas e simpatizantes da imprensa, como Emerson Carvalho responsavel pelo evento, Raimundinho Folha de lagarto, Prof. Russel barroso , Valdier Cezar, Floriano Fonseca, claudefranklin Monteiro, Advogado Joaquim Prata, O jornalista Euclides santos Oliveira(aju), Antonio Rocha dentista, aristides Liborio, o empresario Chico da Suly Tex e esposa entre tantos outros, além da presença da Lira Popular de Lagarto